Transportadora de Maringá vai empregar 36 motoristas refugiados
Foto: Reprodução/Facebook

Venezuelanos

Transportadora de Maringá vai empregar 36 motoristas refugiados

Por Luciana Peña em 04/07/2019 - 10:29

Os refugiados venezuelanos chegam na segunda-feira (8) num avião da Força Aérea Brasileira. O processo de seleção começou dias atrás em Roraima em parceria com a Operação Acolhida do Exército Brasileiro. Representantes da Transpanorama foram a Roraima para o processo seletivo que contratou 36 venezuelanos entre mais de cem candidatos. Todos são refugiados que chegaram ao Brasil pela fronteira com a Venezuela e foram acolhidos pela força-tarefa do Exército Brasileiro. A documentação para a permanência no país foi providenciada pela Operação Acolhida. Aqui em Maringá, na transportadora, eles terão alojamento, alimentação e lavanderia. Nos primeiros 30 dias os refugiados vão participar de um curso para entrosamento com o idioma e a cultura nacionais. Eles também serão apresentados à cidade e vão conhecer os pontos turísticos de Maringá. Durante outros 30 dias os venezuelanos vão viajar com motoristas padrinhos, que são funcionários com mais experiência dentro da empresa. Após este período de adaptação eles começam a trabalhar. Todos os contratados têm experiência na área. A Transpanorama vai providenciar a transferência da carteira de habilitação da Venezuela para o Brasil, ao custo de R$ 400,00 cada. Os venezuelanos serão recepcionados na segunda-feira(8) a partir das 14h num hangar do aeroporto de Maringá.

Atualizado às 16h34- A transportadora informa que o Exército precisou mudar a data de desembarque em Maringá. Os vezuelanosvão chegar na terça-feira(9), no mesmo horário.   

Notícias da mesma editoria