TCE-PR aponta impactos da pandemia em Maringá e outras sete cidades
Imagem Ilustrativa/Foto: Arnaldo Alves/Agência Estadual de Notícias

Avaliação

TCE-PR aponta impactos da pandemia em Maringá e outras sete cidades

Paraná por Victor Simião em 28/10/2020 - 16:37

Dados do Tribunal de Contas do Estado indicam redução de 42% na média de liberação de alvarás, entre outros dados. O motivo: a Covid-19. 

Maringá e outras sete cidades do Paraná tiveram redução econômica considerável, aponta o TCE-PR. O dado consta em um relatório tornado público nesta quarta-feira (28). O trabalho foi feito a partir de documentos e questionários encaminhados pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná às prefeituras.

Além de Maringá, as informações são de Curitiba, Londrina, Ponta Grossa, Cascavel, São José dos Pinhais, Foz do Iguaçu e Colombo. Os dados são de informações relativas aos meses de maio e junho deste ano e foram comparados com o mesmo período de 2019.

Daí, o TCE fez um cálculo médio. O dado apresentado informa números em percentuais.

O resultado foi o seguinte: o maior impacto percebido nessas prefeituras foi na emissão de alvarás, que registrou queda de 42%. Depois, diminuição de 38% na análise de projetos de construção; o número de liberação de licenças ambientais recuou 28%, conforme o tribunal.

Houve uma exceção: aumento em 5% na liberação do “Habite-se”, que é uma autorização de moradia.

No caso específico de Maringá, a Prefeitura tem dito que a crise econômica causada pela Covid-19 atingiu, mas a cidade já está em recuperação. Entre outros motivos, justifica por meio da arrecadação que está um pouco mais alta que no ano passado.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550