Sorveterias e lojas de açaí foram prejudicadas com novo decreto, avalia Abrasel
imagem ilustrativa/foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Entidade do setor

Sorveterias e lojas de açaí foram prejudicadas com novo decreto, avalia Abrasel

Economia por Victor Simião em 19/05/2020 - 20:30

Associação que representa bares, restaurantes e afins em Maringá disse que alguns proprietários de bares e clientes não seguiram as regras, fazendo aglomeração e não tomando cuidados.  No fim de semana, um bar foi multado em R$ 75 mil. Por outro lado, entidade pede à Prefeitura de Maringá que reveja o decreto mais recente. Em nova medida, Executivo proibiu que esses estabelecimentos coloquem mesas e cadeiras nas calçadas. Segundo a prefeitura, é para evitar maior chance de contágio da Covid-19.  A estimativa é a de que esses dois setores somem ao menos 110 estabelecimentos em Maringá. A Abrasel tem dado orientações aos empresários, diz o diretor-executivo da Associação, Bruno Alex da Silva.

O outro lado: A CBN Maringá enviou uma mensagem ao prefeito de Maringá questionando sobre a possibilidade de permitir a sorveterias e lojas de açaí que voltem a colocar mesas e cadeiras nas calçadas. Ulisses Maia respondeu o seguinte: “É possível avaliarmos, sim, todas as medidas que se fizerem necessárias. Podemos mudar os decretos a qualquer momento para restringir mais ou para liberar. Tudo depende das informações técnicas”.