Segurados não devem deixar de responder as cartas de revisão enviadas pelo INSS
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/Agência Brasil

Previdência Social

Segurados não devem deixar de responder as cartas de revisão enviadas pelo INSS

País por Luciana Peña em 03/02/2021 - 15:43

A orientação é da advogada Nilza Müller, especialista em direito previdenciário. Embora o pente-fino realizado pelo INSS seja questionável, porque atinge seguros com mais de dez anos, alguns com até 30 anos de concessão, a advogada diz que é importante responder a carta no prazo estipulado de 60 dias e depois discutir a situação, se necessário na Justiça. O INSS pode revisar benefícios se houver indício de má-fé, mas o problema é que nas cartas os segurados não estão sendo informados o motivo da revisão.

Ouça a entrevista: