Secretário de Educação do PR foi presidente de vencedora de licitação
foto: Victor Simião/CBN Maringá

Notebooks em Maringá

Secretário de Educação do PR foi presidente de vencedora de licitação

Por Victor Simião em 02/08/2019 - 19:30

Renato Feder foi CEO da Multilaser até novembro de 2018, quando deixou a função para assumir o cargo no Governo estadual. Ele segue como sócio. A empresa venceu uma disputa no valor de R$ 3,6 milhões em dezembro de 2018 para vender notebooks à Prefeitura Maringá. Não há problemas jurídicos em relação a isso.

Player Ouça a reportagem

O secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, foi, durante anos, presidente da Multilaser, uma grande empresa do ramo de cartuchos, computadores e afins. Pelo menos desde 2004 ele atuou em diversos cargos. Feder deixou a função de CEO em novembro de 2018, segundo o jornal Gazeta do Povo, para assumir a responsabilidade no Governo Carlos Massa Ratinho Júnior. Haá alguns anos Feder já vinha desenvolvendo projetos voltados à educação. Apesar disso, o secretário continua como sócio da Multilaser, conforme dados do portal Consulta Sócio.

A Multilaser foi a vencedora de uma licitação em 2018, na Prefeitura de Maringá. Do tipo pregão, a empresa ofertou o melhor preço para vender 1855 notebooks ao município. A disputa ocorreu em dezembro de 2018. Em janeiro deste ano, o registro de preços foi homologado. Agora, no meio do ano, o município realizou a compra dos equipamentos. O valor total foi de R$ 3,6 milhões.

Não há problemas jurídicos nesse contrato. Há decisões do Tribunal de Contas da União que dizem que pessoas ligadas ao poder público não podem fazer contratação com o poder envolvido. Não é o caso do secretário Feder, que está no poder estadual, e a empresa da qual ele é sócio fez contrato com um poder público municipal.

Levantamento no Portal da Transparência de Maringá mostrou que este é o primeiro contrato da Mulltilaser na cidade, ao menos desde 2014.

A CBN entrou em contato com a Multilaser por telefone, e-mail, redes sociais, em busca de uma assessoria de imprensa, para comentar o assunto, mas até o fechamento da reportagem, não obteve resposta ou atendimento que respondesse à solicitação.

Nós também procuramos o secretário Renato Feder, na Secretaria de Educação e do Esporte do Paraná, para saber se ele havia estimulado a empresa a disputar a licitação. Por meio de nota, assessoria de imprensa informou que ele não se manifestaria. O motivo é que a licitação é municipal e a pasta não tem acesso, informou a Seed.

No campo político, a gestão Carlos Massa Ratinho Júnior é aliada à de Maringá. Renato Feder já esteve no município em pelo menos três ocasiões neste ano.

Houve uma entrega simbólica dos notebooks nesta sexta-feira (02), em uma escola. O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, participou da solenidade. A CBN questionou se poderia haver alguma ligação entre o fato de as duas gestões serem aliadas e a compra dos notebooks. Ele disse que não, e que o processo começou em 2017.

Três empresas participaram nas rodas de disputa no pregão da licitação dos notebooks em Maringá. Foi no dia 18 de dezembro de 2018, conforme ata disponível no Portal da Transparência do Município. Após 18 rodadas, a menor proposta foi da Multilaser: R$ 1.990 por notebook. A outra empresa que vinha na disputa, Daten Tecnologia, ofertou R$ 1999 e parou de fazer ofertas na décima sétima rodada.

Notícias Relacionadas

Notícias da mesma editoria