“Se amar é entender a própria origem”, diz Rincon Sapiência
Divulgação

Rap

“Se amar é entender a própria origem”, diz Rincon Sapiência

Por Victor Simião em 05/10/2018 - 19:00

Rapper se apresenta em Maringá neste sábado (05). Em 2017, ele lançou o álbum “Galanga Livre”, que fala sobre a questão negra, revolta, amor e cultura afro.

Player Ouça a reportagem

Rincon Sapiência já era conhecido em São Paulo pelos fãs de rap. Nascido Daniel Ambrosio, ele começou a cantar em 2000. Só que no somente em 2017 ele gravou um álbum, o“Galanga Livre”, que chamou a atenção do público e da crítica. Para muitos, foi o melhor disco do ano; algo raro para o rap.

O disco aborda temas como identidade negra, trabalho e cultura afro. E mistura vários elementos. A música "Crime Bárbaro", por exemplo, exalta um escravo que corre após cometer um crime contra o senhor de engenho. E "Ponta de Lança" tem uma série de referências que vão de Wesley Safadão a Murici Ramalho.

Rincon Sapiência é um daqueles artistas que se utilizam da internet para divulgar o trabalho. E para ele, o importante é mostrar que pretas e pretos estão se amando. E que se amar é entender a própria origem

O músico sente os problemas sociais. Na avaliação dele, o racismo e o ódio tem aumentado. Para ele, o que deve ser feito, então, é produzir mais arte para combater essa situação.

Rincon Sapiência se apresenta em Maringá nesse sábado (06). É na casa de shows Vintage Eventos, às 23h.