Redução de secretarias vai marcar governo Ratinho Junior
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Redução de secretarias vai marcar governo Ratinho Junior

Por Diniz Neto em 19/12/2018 - 15:20
Player Ouça o boletim

Temos aniversariante hoje... fazendo 165 anos.

O Paraná se emancipou no dia 19 de dezembro de 1853, sendo desmembrado de São Paulo.

Parabéns, Paraná!

 

PARANÁ DEVERÁ TER 15 SECRETARIAS

Nesta terça-feira (18), durante a diplomação pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), no Teatro Positivo, em Curitiba, o governador eleito Ratinho Junior afirmou que está perto de fechar a escolha de todos os secretários do seu governo. Ele voltou a reafirmar que cumprirá a promessa de campanha de reduzir o número de secretarias. De 28, o número deverá cair para 15.

Sete secretários já foram anunciados, ao lado de outros nove que estarão na equipe de governo. Ainda não foram anunciados os titulares das secretarias da Agricultura, da Saúde, do Meio Ambiente, e a presidência da Sanepar.

Agora à tarde, Ratinho Junior anunciou o secretário de Fazenda. Será o economista Renê Oliveira Garcia Junior, doutor em Economia pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), do Rio de Janeiro. Atualmente ele é o coordenador de projetos estudos econômicos da FGV.

Também foi anunciado o secretário de Planejamento. Será o advogado Valdemar Bernardo Jorge, mestre em Direito Econômico e Social pela PUC-PR. O novo secretário disse que a orientação do governador foi para que  “a secretaria auxilie na mudança do papel do estado para ampliar sua presença com foco na gestão eficiente. Recebi com alegria e também senso de responsabilidade esse convite e missão”.

Quem está fazendo estudo geral da nova estrutura administrativa do governo do Paraná é a Fundação Dom Cabral. Após aprovado pelo governador, o projeto será encaminhado à Assembleia Legislativa, no ano que vem.

 

MOTORISTA DA UBER CONSEGUE LIMINAR CONTRA LEGISLAÇÃO DE MARINGÁ

Edson Vander Gobi, motorista do aplicativo UBER, ingressou com mandado de segurança preventivo contra o município de Maringá e a Lei Municipal 10.453/2017, regulamentada pelo decreto 1.317/2018, dispondo sobre a regulamentação de prestação de serviços de transporte remunerado individual de passageiros por aplicativos baseados na internet.

A base do pedido, segundo seu autor, é que a legislação e normas de Maringá ferem a Lei Federal 13.640/2018.

O juiz Frederico Mendes Junior concedeu liminar parcial ao pedido de Edson Vander Gobi, determinando ao município que se abstenha de exigir:

a) comprovação da aprovação em curso de formação ministrado pela própria operadora, com conteúdo sobre o trânsito de Maringá.

b) licenciamento do veículo na região metropolitana de Maringá.

c) airbag duplo.

 

VISITA DO VEREADOR ONIVALDO BARRIS

O vereador Onivaldo Barris (PHS) está visitando veículos e profissionais da imprensa, falando sobre o seu trabalho em 2018 e trocando ideias sobre o seu mandato.

Acompanhado do seu chefe de gabinete, Tiago Valenciano, o vereador Onivaldo demonstra respeito e reconhecimento ao trabalho da imprensa, em Maringá, de forma geral.

Faço questão de registrar a sua atitude, como um exemplo de responsabilidade em relação à sua função pública.

O diálogo com respeito é importante para o fortalecimento da democracia.

Notícias da mesma editoria