Projeto de lei em regime de urgência proíbe a suspensão de aulas presenciais
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/CMM

Legislativo

Projeto de lei em regime de urgência proíbe a suspensão de aulas presenciais

Política por Luciana Peña em 23/02/2021 - 09:13

A proposta é tornar a educação uma atividade essencial, a exemplo de projeto aprovado na Alep nessa segunda-feira (22).

O projeto de lei do vereador Sidnei Telles chega ao plenário da Câmara Municipal de Maringá nesta terça-feira em regime de urgência.

O projeto torna essenciais os serviços e as atividades educacionais.

O primeiro artigo diz que o exercício das atividades presenciais não estará sujeito a suspensão ou interrupção. Acontece que nessa segunda-feira um decreto municipal suspendeu as aulas presenciais em Maringá tanto na rede pública quanto na rede particular.

O vereador explica a proposta. [ouça no áudio acima]

Na sessão ordinária desta terça-feira, os vereadores vão apreciar a urgência. Caso aprovada, o projeto entra em discussão

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550