Projeto cria adicional de 30% para agentes de trânsito
Luciana Peña/CBN Maringá

Periculosidade

Projeto cria adicional de 30% para agentes de trânsito

Por Luciana Peña em 18/09/2018 - 11:00

É o adicional de periculosidade sobre o salário inicial da carreira. Proposta está em votação nesta terça-feira (18).

Player Ouça a reportagem

Os 80 agentes de trânsito de Maringá recebem adicional de insalubridade sobre o salário mínimo. Um projeto que está em votação na Câmara de Maringá retira este adicional e cria outro: o de periculosidade e sobre o salário inicial da carreira que é de R$2.600,00. O adicional é para os agentes que trabalham nas ruas.

Mas em Maringá todos os agentes vão para as ruas porque há rodízio de funções. E o trabalho pode ser perigoso. Aqui na cidade viralizou o vídeo de um agente de trânsito agredido pelas costas por um rapaz. A agente foi derrubada com uma “voadora”. Mas em outras cidades houve caso até de morte, por isso em todo o país o adicional de periculosidade é pago ao agente, segundo o diretor de trânsito Marcelo Filite.

O projeto não informa o impacto financeiro da medida. Segundo o líder do prefeito não será muito por causa do fim do adicional de insalubridade. E o impacto sobre o índice prudencial também não será significativo porque irá incidir no orçamento de 2019, de acordo com o vereador Jean Marques.