Presidente da Câmara de Maringá defende diálogo entre parlamentares para aprovar redução dos salários dos vereadores, prefeito, vice e secretários

Política

Presidente da Câmara de Maringá defende diálogo entre parlamentares para aprovar redução dos salários dos vereadores, prefeito, vice e secretários

Política em 14/03/2012 - 09:23

Na semana passada, a Comissão de Finanças e Orçamento apresentou um parecer estipulando os novos subsídios.

Entretanto, os vereadores reagiram ao parecer. Eles alegam que não foram previamente consultados.

Para Mário Hossokawa, agora só o diálogo pode impedir que sejam mantidos os valores aprovados no ano passado.

Mário Hossokawa ainda entende que houve precipitação por parte dos membros da Comissão de Finanças e Orçamento, quando divulgaram o parecer com a redução dos subsídios.

Heine Macieira diz que discussão sobre subsídios tornou-se assunto político-partidário. Ele critica a Comissão de Finanças e Orçamentos e diz que só uma conversa, a portas fechadas, pode definir os novos salários dos vereadores, secretários, prefeito e vice.
Humberto Henrique sustenta a necessidade de aprovar o projeto elaborado pela Comissão de Finanças e Orçamento. Ele diz que os valores apresentados respeitam o desejo da população