Prefeitura nega estudos ou adoção de turno único
Acompanhe O Assunto é Política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Prefeitura nega estudos ou adoção de turno único

Por Diniz Neto em 12/06/2018 - 10:05
Player Ouça o boletim

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550

TEMPO Faltam 118 dias para o primeiro turno das eleições 2018.

 

TURNO ÚNICO: PREFEITURA NEGA

Ontem falei de informação que recebi de que havia um estudo para implantação de um turno único na Prefeitura. Deixei bem claro que não sabia se isto seria implantado ou não.

Às 18h40 de ontem recebi uma nota do jornalista Edivaldo Magro, diretor de Imprensa da Prefeitura, com o seguinte texto:

“Boa noite Diniz. A propósito de uma nota sobre adoção de turno único na prefeitura, a informação não procede. A administração está empenhada em reduzir o número de horas extras, mas não há estudo algum encaminhado no sentido de reduzir o expediente”.

Também foram feitos contatos com repórteres da CBN Maringá, no sentido de saber como a informação havia chegado até a emissora.

Minha informação é assinada, está em ‘O Assunto é Política’.

Torna-se fundamental explicar: Não trabalho apenas com informações oficiais. Recebo muitas informações, de fontes extraoficiais e confiáveis. Verifico, se percebo fundamento, posso e devo utilizar como informação.

Neste caso, se a notícia não procede, bastaria entrar em contato, repassando a informação oficial, que certamente sempre será respeitada.

Surpresa foi a distribuição de áudios nervosos e agressivos, distribuição de artes com letreiro de fake news e até a criação de um grupo voltado a servidores, para atacar a informação.

Pontuando: Recebi a informação. É real. Não é fake.

A administração nega que tenha pensado nesta solução. Fica o registro da sua posição.

A administração afirma que não utilizará esta alternativa. Aí está a notícia oficial.

 

REFIS MUNICIPAL

Continuo recebendo mensagens e telefonemas de contribuintes de Maringá que precisam de um Refis Municipal.

São micro e pequenos empresários, que agora têm o Refis da União, mas não têm a oportunidade de parcelar suas dúvidas com a Prefeitura de Maringá.

Os vereadores que tem liderado o movimento na Câmara para conseguir este refinanciamento são Belino Bravin (Progressistas) e Odair Fogueteiro (PHS).

 

AGRADECIMENTO

Agradeço a servidores e maringaenses que têm encaminhado informações e reivindicações. Ajudam muito nosso trabalho. Mandem sempre!

Os contatos podem ser feitos pelo e-mail oassuntoepolitica@cbnmaringa.com ou pelo Whatsapp (44) 99122-8715.

 

POLÍTICA EM PAUTA

O sociólogo, cientista político e escritor Sérgio Abranches fará palestra em Maringá no dia 13 de junho, com o tema “O presidencialismo de coalização em questão”.

Para assistir à palestra, solicite convite enviando e-mail para promocao@cbnmaringa.com.br. Os pedidos serão atendidos por ordem de chegada dos e-mails e até se esgotar a cota de convites disponíveis.

 

PODEMOS CONTINUA AGITADO

Ontem vazou um áudio em que o senador Alvaro Dias pede inteligência política aos militantes e dirigentes do Podemos.

Ele faz uma pergunta: “Não basta para vocês um candidato a presidente?”

O áudio gerou muitas respostas de filiados descontentes com a estratégia do partido no Paraná, com a permanência de Osmar Dias no PDT.

Na prática, a estratégia de ter todos os partidos apoiando Alvaro Dias para presidente terminou causando dissidências no partido.

A direção do Podemos havia ficado sob o comando de ex-pedetistas, que vieram para o partido para preparar a chegada de Osmar ou, pelo menos, o apoio do Podemos a Osmar Dias. Mas foi iniciado um movimento para que os ex-pedetistas retornem ao PDT e não assumam o comando do Podemos.

 

SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE MARINGÁ

A sessão de hoje tem uma pauta de 10 projetos de lei e 28 requerimentos.

O único projeto de autoria do Poder Executivo é o projeto de lei complementar número 1744/2018, que dispõe sobre a cobrança de contribuição de melhoria referente às obras de pavimentação asfáltica, ciclovia, sinalização viária e drenagem de águas pluviais para duplicação da avenida Carlos Correia Borges. Está na pauta para primeira discussão.

O projeto interessa diretamente todos os proprietários de imóveis com frente para a avenida Carlos Borges. Ele está publicado na íntegra no site da Câmara Municipal.

Quem quiser o arquivo PDF do projeto pode solicitar para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br.