Pai é suspeito de agredir filha de 7 anos em Alto Paraná
Divulgação/Conselho Tutelar

Agressão

Pai é suspeito de agredir filha de 7 anos em Alto Paraná

Por Carina Bernardino em 21/05/2019 - 17:29

A informação é do Conselho Tutelar, que foi acionado pela mãe da menina que reside em Maringá há um mês. 

Player Ouça o boletim
Divulgação/Conselho Tutelar
Divulgação/Conselho Tutelar

O Conselho Tutelar de Maringá acompanha um caso de suposta agressão de uma criança que mora com o pai no município de Alto Paraná, a quase 60 km de Maringá. A vítima é uma menina de 7 anos, que relatou ao órgão frequentes agressões.

Segundo o Conselho Tutelar, a mãe da menina reside em Maringá há um mês e saiu da residência em Alto Paraná porque também era agredida pelo marido. Nessa segunda-feira (20), ela recebeu a informação de que a filha estava sendo agredida e foi buscar a menina. Na cidade, a mulher acionou o Conselho Tutelar e registrou um boletim de ocorrência na delegacia.

A criança, que segundo o Conselho está com hematomas pelo corpo, deve passar por um exame de corpo de delito para comprovar as agressões. No entanto, a investigação será feita pela Polícia Civil de Alto Paraná. Enquanto isto, a menina vai morar com a mãe em Maringá. 

Notícias da mesma editoria