Observatório Social pede veto de projeto que cria índice de gestão
Divulgação/PMM

Ofício

Observatório Social pede veto de projeto que cria índice de gestão

Por Carina Bernardino em 02/09/2019 - 15:51

Prefeitura tem 15 dias para responder ofício. No documento, entidade reforça que proposta é ‘eleitoreira’.

Player Ouça o boletim

O Executivo recebeu na última sexta-feira (30) um ofício do Observatório Social de Maringá sobre a lei que autoriza a criação do Índice de Desempenho da Gestão Municipal. O pedido é de veto ao projeto do vereador Sidnei Telles, aprovado na última semana na Câmara da cidade. A votação foi apertada, com sete votos favoráveis e cinco contrários.

Segundo Telles, a iniciativa inspirada em um modelo internacional é necessária para entender como está a satisfação dos contribuintes em relação aos serviços públicos. Porém, o Observatório Social enfatizou que a medida é ‘eleitoreira’, uma vez que autoriza o município a pagar por pesquisas de opinião com o dinheiro público.No documento, a presidente da entidade Giuliana Lenza destacou os efeitos da lei e deu 15 dias para que o município dê uma resposta ao Observatório, se irá ou não vetar o projeto de lei.

Em nota, a assessoria de imprensa da prefeitura de Maringá confirmou nesta segunda-feira (2) que recebeu o ofício e informou que vai usar todo o prazo disposto no documento para analisar e tomar uma decisão em relação ao pedido de veto. A CBN também procurou o vereador autor do projeto de lei, que disse que nenhuma comissão da Câmara entendeu que a proposta era desnecessária e inconstitucional. Sobre o ofício, Telles disse que aguarda o posicionamento do prefeito Ulisses Maia.

Notícias Relacionadas

Notícias da mesma editoria