Notícias falsas de WhatsApp falam em nova greve de caminhoneiros e podem gerar pânico
Agência Brasil

Boato

Notícias falsas de WhatsApp falam em nova greve de caminhoneiros e podem gerar pânico

Por Luciana Peña em 01/06/2018 - 15:32

A reportagem da CBN conversou  nesta sexta-feira (1º) com comerciantes e consumidores sobre a retomada do abastecimento em Maringá. Muitos deles disseram acreditar em nova greve de caminhoneiros. A informação está circulando em redes sociais, principalmente no WhatsApp. Em áudios, supostos caminhoneiros falam em paralisação a partir de meia noite de domingo (3) e orientam a população a estocar comida, gás e combustível. Não há motivo para alarde. A notícia é falsa. O site boato.org, especializado em checar notícias deste tipo, diz que as mensagens são vagas e alarmistas, um texto típico de ‘"fakenews". O próprio Governo Federal se pronunciou sobre as mensagens. Segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, as mensagens estão sendo monitoradas e providências serão tomadas, caso necessário. Na Agência Brasil, o ministro informa que vários pontos do acordo com os caminhoneiros já estão em vigor, ao contrário do que as falsas mensagens alardeiam. Entre os pontos do acordo em vigor: a isenção de cobrança de pedágio do eixo suspenso, a reserva de 30% de frete na Conab, Companhia Nacional de Abastecimento, para caminhoneiros autônomos e a tabela de preço mínimo para o frete. O desconto de R$ 0,46 por litro de óleo diesel deve chegar às bombas de combustível até a próxima segunda-feira (4). 

Noticias Relacionadas