Nesta semana Maringá sediou um campeonato internacional de Handebol
Imagem ilustrativa/Foto: Fernando Teramatsu

Esporte

Nesta semana Maringá sediou um campeonato internacional de Handebol

Esporte por Luciana Peña em 25/01/2020 - 11:40

A final será na noite deste sábado (25) entre Brasil e Argentina, os principais favoritos desde o início. O Sul Centro Americano de Handebol Masculino seria realizado no Chile, mas por causa dos protestos, a competição veio para Maringá, que teve pouco mais de um mês para organizar tudo. 

Foi uma semana com arquibancada lotada no Ginásio do Parque do Japão e no Chico Neto. Público de aproximadamente 2 mil pessoas a cada jogo. Seis países participando. A grande final será neste sábado às 19h entre Brasil e Argentina. O jogador Gonçalo Carou da Argentina, pela segunda vez em Maringá, elogia a estrutura da cidade. 

O Brasil não vai facilitar para o adversário. O jogador Henrique Teixeira diz que a seleção brasileira se saiu muito bem na competição e já tem com vaga  garantida para o Mundial no Egito em 2021.

O campeonato seria realizado a princípio no Chile, mas por causa dos protestos de rua, foi transferido de última hora para Maringá. Apesar da correria, o secretário de Esportes, Valmir Fassina, diz que deu tudo certo. 

O que chamou a atenção foi o desempenho da seleção da Bolívia. Perdeu de goleada em todas as partidas. Contra a Argentina o placar foi 82 a 7. É que a Bolívia não tem tradição na modalidade e falta dinheiro para o esporte. Os jogadores foram os únicos do campeonato que não ficaram em hotel. Em vez disso ficaram alojados no Chico Neto. Participar do campeonato foi uma demonstração de garra da equipe, diz o presidente da Confederação Brasileira de Handebol, Ricardo Souza. 

A entrada para os jogos deste sábado é um quilo de alimento