Músicos também se aventuram nas lives em Maringá
Ronaldo Gravino e Viviane Foss | Foto: Arquivo pessoal

Ação na internet

Músicos também se aventuram nas lives em Maringá

Cultura por Victor Simião em 27/04/2020 - 17:04

Sem poder fazer shows, apresentação por meio de redes sociais é um caminho. Devido à Covid-19, artistas perdem renda.


 

Não são apenas apenas os sertanejos famosos ou o rei Roberto Carlos que têm se apresentado pela internet. Aqui em Maringá, músicos também se aventuram pelas chamadas lives. Devido ao coronavírus, estão proibidos shows em bares e restaurantes. Aí, a possibilidade que restou é a de cantar e tocar diretamente da própria casa. 

A CBN conversou com dois músicos que vivem na cidade para saber como têm sido esse período para eles. Falaram com a reportagem Viviane Foss e Ronaldo Gravino.

A cantora Viviane Foss já fez uma live para um local em Campo Mourão e tem feito apresentações com frequência tanto no Facebook quanto no Instagram. O período de isolamento tem sido ruim financeiramente falando, mas é um momento de estudo e descobertas, diz a artista.[ouça no áudio acima]

Cantor e compositor, Ronaldo Gravino costuma ter 25 compromissos por mês. Agora, por conta da pandemia, tem estado em casa. Ele já fez duas lives por decisão espontânea. Esse período em casa tem sido utilizado para compor. Gravino conta estar desenvolvendo um projeto para músicos - uma iniciativa que deve ocorrer pela internet e poderá gerar renda.[ouça no áudio acima]

Enquanto o coronavírus não permite a volta de shows ou de algo próximo ao que já foi, vale acompanhar os artistas locais. Além de Viviane Foss e Ronaldo Gravino, a cantora Rubia Divino e o contador de histórias Danilo Furlan também têm se apresentando pela internet. Para achá-los, é só digitar o nome dos artistas nas redes sociais. 

 


 

Ao sair de casa, USE Máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante