MDB X MDB
Acompanhe O Assunto é política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

MDB X MDB

Por Diniz Neto em 30/01/2019 - 10:09
Player Ouça o boletim

INTERVENÇÃO NO MDB DE MARINGÁ

O diretório regional do MDB realizou reunião, na segunda-feira, para ouvir a direção do partido, em Maringá, e filiados a cidade e da região.
A reunião foi presidida pelo presidente estadual, João Arruda.

A direção estadual propôs a intervenção no MDB de Maringá alegando “infidelidade partidária”. A medida é uma das primeiras que o partido toma no Paraná no anunciado processo de reformulação do partido, concretizado com a realização de uma convenção partidária no fim do ano passado (2018).

Um dos objetivos do partido é ter candidato próprio a prefeito, além de uma chapa competitiva para a Câmara Municipal.

DIRETÓRIO DE MARINGÁ CONTESTA E VAI RESISTIR

O presidente do MDB de Maringá, Umberto Crispim, foi ouvido e contestou o motivo alegado para a intervenção. Segundo ele, o MDB do Paraná há muito tempo vinha sendo explicitamente infiel, com o seu presidente, Roberto Requião, trabalhando contra o presidente Temer, do MDB, contra o candidato do partido a presidente, Henrique Meirelles, e apoiando o PT, Lula, Gleisi e suas ideias.

Portanto, o argumento de infidelidade em relação ao diretório de Maringá fica prejudicado, no entendimento de Crispim, a partir da prática de infidelidade pelo diretório do Paraná.

Crispim também lembra que os deputados e candidatos do partido, há muito, eram liberados pelo MDB nas suas alianças estratégicas, levando em conta os cenários locais e regionais das suas campanhas.

Crispim não foi notificado da decisão do diretório estadual, mas adianta que vai contestar a intervenção na Justiça.

O diretório do MDB de Maringá também ingressará na Justiça contra a decisão de vender a sede estadual do partido, imóvel localizado na avenida Vicente Machado, 988, no bairro Batel, em Curitiba. Umberto Crispim não aceita o argumento de que o partido tem dívidas e a venda seria para saldá-las. Para o emedebista, as contas devem ser pagas por quem foi responsável por elas, não com a perda de um patrimônio que é de todos os filiados do partido, no Paraná.

 

Outra solicitação do Diretório Municipal do MDB de Maringá será uma prestação de contas da utilização do fundo partidário e do fundo eleitoral do partido, no Paraná. Quanto foi recebido e como foi utilizado.

O MDB será pauta certa durante um bom tempo, no noticiário político.

NOVO ATUANTE EM MARINGÁ

O Partido Novo está organizado e atuante em Maringá.

Um dos seus filiados mais destacados, Tiago Martinez, que foi candidato a deputado federal e fez quase 19 mil votos, tem feito publicações importantes na sua página no Facebook.

Uma delas lembra os deputados eleitos sobre o problema dos municípios do Paraná com menos de 5.000 habitantes e que não têm receitas próprias para seu custeio, muito menos para investimentos. Ele coloca um link para o estudo do Tribunal de Contas do Paraná que sugere a incorporação de 96 municípios do Paraná.

Temos falado muitas vezes aqui na CBN Maringá sobre o problema do excesso de municípios no Paraná e no país. O assunto é muito relevante, porque estes municípios inviáveis consomem recursos para custeio, salários de agentes políticos e servidores (em muitos casos as folhas de pagamentos desses municípios estão inchadas com número elevado de servidores inúteis) e não conseguem prestar serviços e fazer investimentos.

VEREADOR NOVO

Em outra publicação, Tiago destaca a atuação do vereador do partido em Porto Alegre.

Felipe Camozzato fez uma prestação de contas resumida, com número muito claros da sua atuação. Ele também mostrou a economia feita em 2018 com cargos que ele não nomeou e com gastos de gabinete que ele não fez. No total, seu gabinete economizou 41% do que poderia ter gasto, um valor de quase R$ 400 mil em um ano. 

RICARDO BARROS DIZ QUE É PRECISO COMBATER LOBBIES, NO BRASIL
Em entrevista a Eduardo Militão, do UOL, em Brasília, publicada nesta madrugada, às 04h02 no portal, o deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) afirmou que o Ministério Público tem feito "vazamentos seletivos" no caso do senador eleito Flavio Bolsonaro (PSL-RJ) para prejudicar a votação da reforma da Previdência.

A Procuradoria Regional da República da 2ª. Região nega vazamentos.

O deputado, que é candidato a presidente da Câmara dos Deputados, afirma ainda que o Judiciário e a Promotoria são algumas das corporações e lobbies que precisam de "enfrentamento". Ele listou a indústria farmacêutica, de pneus e de fertilizantes.

Ricardo disse que "o país é vítima de lobbies há muitos anos. Lembrou que como ministro, enfrentou o lobby da indústria farmacêutica, para reduzir o preço pago por medicamentos. Falou do lobby da indústria de pneus. Segundo ele, é isto que impede o Brasil de ter ferrovias e hidrovias.

Sobre a indústria de fertilizantes disse que ela leva o país a ignorar suas reservas naturais e importar produtos. "Existem esses lobbies instalados aqui por muitos anos e o Brasil precisa enfrentá-los."

Veja a entrevista, na íntegra.

DENGUE E FEBRE AMARELA: ALERTA

Crescem os casos de dengue no Paraná. O aumento no número de notificações, desde agosto, foi de 11,5%. Também foi registrado um caso de febre amarela, em Antonina, no litoral do estado. Foi o primeiro, desde 2015.

A situação preocupa as autoridades de saúde.

No caso da dengue, é preciso ter cuidados com a água parada. A maioria dos casos dentro de casa, nos vasos de flores e outros recipientes inocentes onde fica água parada e se reproduz o mosquito transmissor da dengue

 

No caso de febre amarela é importante a vacinação. A recomendação para vacinação é para que mora no litoral e para a região metropolitana de Curitiba. No entanto, pessoas que vão viajar para o litoral também devem se vacinar. 

BADDINI NETO

Nesta quarta-feira, 30 de janeiro, faz 30 anos da morte do jornalista Baddini Neto. Recebi a mensagem, com a informação, do seu filho, o jornalista José Marcos Baddini.

Ele lembra as dificuldades de fazer jornalismo na época das máquinas manuais de escrever, do linotipo e do ‘past up’. 
José Marcos registra: Baddini Neto foi “exemplo de ética, honestidade e lealdade. Com personalidade forte, mas sempre correto e austero, fez história na imprensa de Maringá.”

Notícias da mesma editoria