Lutando pelo acesso, Aruko Sports enfrenta o PSTC nesse domingo (29)
Foto: Felipe Augusto/Aruko Sports Brasil

Preparação

Lutando pelo acesso, Aruko Sports enfrenta o PSTC nesse domingo (29)

Esporte por Victor Ramalho em 27/05/2022 - 16:25

Após vencer o jogo de ida, em Cornélio Procópio, por 1 a 0 no último fim de semana, o time maringaense precisa de apenas um empate para garantir vaga na elite do Campeonato Paranaense em 2023. O jogo de domingo (29) será às 15h30, no Estádio Regional Willie Davids.

A concentração segue total. No elenco, ninguém pensa na vantagem conquistada no último fim de semana. O Aruko Sports Brasil enfrenta o PSTC, de Cornélio Procópio, nesse domingo (29), às 15h30, no Estádio Regional Willie Davids, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense Série B.

No jogo de ida, no último domingo, vitória maringaense, fora de casa, por 1 a 0. Agora, basta aos samurais um empate para garantir vaga na final e, de quebra o acesso à elite em 2023. O time realiza seu último treinamento antes da partida na manhã deste sábado (28) e, em seguida, se concentra para o jogo.

Na avaliação do treinador Rafael Andrade, a semana de preparação foi positiva, mas ninguém irá ao jogo pensando somente no empate. [ouça no áudio acima]

O lateral-esquerdo Dionatan reconhece a dificuldade da partida e a qualidade do adversário, mas acredita que o Aruko está preparado, em busca do objetivo principal da temporada. [ouça no áudio acima]

Uma classificação pode representar a quebra de vários tabus no futebol maringaense. A última vez que Maringá teve dois times na elite do futebol no estado foi em 1996. Na época, Grêmio Maringá e o antigo Maringá FC, não esse atual, representaram a Cidade Canção no torneio, embora não tenham se enfrentado na fase inicial. O último derby maringaense na elite tem ainda mais tempo, foi em 1990, uma disputa entre Grêmio Maringá e Maringá Atlético Clube.

Ou seja, caso o Aruko avance, teremos dois times maringaenses na Série A do Paranaense após quase 30 anos, uma vez que o Maringá FC, atual vice-campeão, já está garantido. Além disso, uma outra marca importante poderá ser registrada: Maringá se tornará, ao lado da capital Curitiba, que já tem Coritiba e Athletico, as duas únicas cidades do Paraná com mais de um representante na elite do estadual em 2023.