Identificada a fonte de mau cheiro no Novo Centro de Maringá
Screenshot/Divulgação/Defesa Civil

Fermentação

Identificada a fonte de mau cheiro no Novo Centro de Maringá

Por Carina Bernardino em 19/03/2019 - 16:09

São grãos de soja em decomposição que estão nos trilhos da linha férrea. A empresa responsável pela ferrovia foi notificada e tem 24h para limpar o local sob pena de multa. 

Atualização (19/03/2019 às 17h22): A concessionária informa que foi notificada na tarde desta terça-feira (19) sobre o fato. A empresa irá enviar uma equipe técnica ao local para avaliar as condições e tomar as medidas necessárias para solucionar o caso.
Assessoria de Imprensa Rumo.

Player Ouça a reportagem

A Defesa Civil e fiscais da secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal descobriram na manhã dessa terça-feira (19) o que está provocando mau cheiro no Novo Centro de Maringá. As denúncias registradas nos últimos dias diziam que o odor estava no trecho da Avenida Horácio Racanello próximo à Avenida Paraná. Ao percorrer a ferrovia, foram localizados restos de grãos de soja em decomposição de uma carga que caiu de um vagão no último dia 8. O coordenador da Defesa Civil Adilson Costa diz que na época houve a limpeza do local, mas tudo indica que o serviço não foi suficiente. 
 
Segundo a prefeitura, a Sema notificou a empresa responsável pela ferrovia, que terá 24h para resolver o problema. Se o prazo não for cumprido, a Sema irá calcular o valor da multa a partir da quantidade de soja encontrada nos trilhos e avaliação da extensão do dano provocado à população. A CBN entrou em contato com a assessoria de imprensa da Rumo Logística e aguarda retorno. 

Notícias da mesma editoria