Governo limita carga horária de professores temporários, mas aulas não são suspensas
ASC UEM

UEM

Governo limita carga horária de professores temporários, mas aulas não são suspensas

Educação por Luciana Peña em 19/03/2018 - 09:05

Duas universidades do Paraná suspenderam as aulas por causa de decreto. UEM poderá contratar pouco mais de 10 mil horas. Número insuficiente, diz instituição. 372 docentes da UEM têm contratos temporários.

Atualização às 12h26: O Governo revogou o decreto e UEM  terá 15 mil horas.

Em nota, a Seti informou que "O Governo do Estado atendeu ao pedido das universidades estaduais e autorizou 55 mil horas para a contratação de professores temporários para o início do ano letivo de 2018 nas instituições. A quantidade de horas autorizada é a mesma solicitada pelas universidades em 2017 para manter a normalidade das atividades no sistema estadual de ensino superior.

Quantidade por universidades:

Universidade Estadual de Londrina – 4 mil horas semanais 
Universidade Estadual de Maringá – 15 mil horas semanais 
Universidade Estadual de Ponta Grossa – 6.300 horas semanais 
Universidade Estadual do Oeste do Paraná – 7.600 horas semanais 
Universidade Estadual do Centro-Oeste - 10 mil horas semanais 
Universidade Estadual do Norte do Paraná - 4.100 horas semanais 
Universidade Estadual do Paraná – 8 mil horas semanais."