Governo do Paraná prorroga em 15 dias o prazo para recolhimento do ICMS
Acompanhe O Assunto é Política com Diniz Neto, de segunda a sexta, às 09h40 e às 14h20

O Assunto é Política

Governo do Paraná prorroga em 15 dias o prazo para recolhimento do ICMS

Por Diniz Neto em 11/06/2018 - 09:56
Player Ouça o boletim

Quer fazer contato com o jornalista Diniz Neto, encaminhar uma sugestão? Envie e-mail para oassuntoepolitica@cbnmaringa.com.br ou mande uma mensagem para o WhatsApp da CBN Maringá. O número é (44) 99877 9550

 

TEMPO Faltam 119 dias para o primeiro turno das eleições 2018.

 

 

GOVERNO DO PARANÁ AMPLIA EM 15 DIAS PRAZO PARA RECOLHIMENTO DO ICMS

Depois de uma reunião entidades do G7, que representam o setor produtivo do Paraná, para examinar a situação econômica e os reflexos da paralisação dos caminhoneiros, o governo decidiu adiar de 12 para 27 de junho o prazo de recolhimento do ICMS deste mês.

Com isto o governo dá um fôlego às empresas afetadas pela greve dos caminhoneiros.

Esta prorrogação está sendo anunciada neste momento no Palácio Iguaçu.

- A medida atende a reivindicação do setor produtivo, que relata dificuldades decorrentes da paralisação. As empresas tiveram prejuízos e queda no faturamento.

- O decreto estadual é válido para os contribuintes do regime normal de tributação – não inclui beneficiários de tratamento diferenciado.

- E tem amparo legal: o Convênio ICMS 181, de 23 de novembro de 2017, aprovado pelo Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária).

Do início ao fim da greve, o governo manteve e o diálogo a fim de minimizar os efeitos da paralisação.

- Foi um dos primeiros a reduzir a base de cálculo do ICMS sobre o óleo diesel – desde 1º de junho, foi reduzida de R$ 3,20 para R$ 2,95, valor que vai vigorar por 90 dias.

- O G 7 é composto pelas sete principais entidades do setor produtivo paranaense: Fiep, Faep, Associação Comercial, Fecomércio, Federação das Cooperativas, Fetranspar e Faciap.

 

 

GOVERNO ANUNCIA MEDIDAS PARA ACOMPANHAMENTO DO FINAL DOS CONTRATOS DAS CONCESSIONÁRIAS DAS RODOVIAS DO PARANÁ

Na prática, o governo se antecipa e começa agora, com comissões específicas e especializadas, a avaliar todos os detalhes dos contratos firmados, desde 1997, com as empresas concessionárias de rodovias no estado do Paraná. Os contratos vencem em 2021.

São muitos os detalhes do encerramento dos contratos e o governo do Paraná se antecipa e dá início ao processo de levantamento de todos os dados, para o fechamento.

Após este encerramento deverão ser realizadas novas licitações.

A licitação das rodovias federais deverá ser feita pela União e as rodovias estaduais pelo governo do Paraná.

Concessão de rodovias e pedágio será, com certeza, um dos temas importantes da campanha eleitoral deste ano.

 

 

PODEMOS

O vice-presidente do Podemos do Paraná, Elizeu Chociai, gravou vídeo com Ratinho Junior, declarando que parte da base do partido decidiu apoiá-lo para governador.

Junto com Chociai, que é de Ponta Grossa, estava o empresário Zinho, de Sarandi, que também gravou apoio a Ratinho Junior.

A esperança de aliados de Osmar Dias, depois da divulgação do vídeo e de reunião da base do Podemos com o pré-candidato do PSD era uma declaração contrária de Alvaro Dias ou mesmo da presidente nacional do Podemos.

Durante todo o fim de semana não houve nenhuma declaração oficial de Alvaro Dias ou de Renata Abreu.

O senador Alvaro Dias, pré-candidato a presidente da República, busca apoio de todos os candidatos e partidos no Paraná. Ou seja, dificilmente vai desautorizar apoio aos demais candidatos.

Pela estratégia maior do Podemos, no Paraná, a convenção partidária entre os dias 20 de julho e 5 de agosto deve decidir pela neutralidade para governador e senador. Ou seja, a base e filiados devem se dividir em apoios. O partido não deverá se posicionar oficialmente.

Mas é preciso aguardar para ver o que fará.

 

 

INTERPELAÇÃO

O vice-presidente do Podemos, Elizeu Chociai, vai registrar em cartório, hoje, postagens que foram feiras no fim de semana, em que são feitas afirmações do tipo “algumas pessoas se vendem mesmo”.

Chociai quer saber quem são as pessoas que se venderam.

Neste aspecto, fica exteriorizada a decepção de lideranças e filiados do Podemos que esperavam a filiação de Osmar Dias ao partido.

Como ele não veio, tem uma tendência de coligação com o MDB, que estes filiados não aceitam, o partido se movimenta em torno de apoios a candidatos que parecem mais próximos a Alvaro Dias e que podem apoiá-lo.

O PDT de Osmar tem Ciro Gomes candidato a presidente e Requião defende Lula livre e candidato a presidente.

TURNO ÚNICO

A Prefeitura de Maringá estuda medidas para redução de despesas, de forma especial horas extras. O estudo para adoção de turno único estaria bastante adiantado. 

Além de medidas efetivas e permanentes para contenção de despesas de pessoal e outras, há estudos para aumento real de receitas especialmente a partir do ano que vem. 

 

OSMAR E FRUET FAZENDO CAMPANHA JUNTOS

Osmar Dias e Gustavo Fruet, ambos do PDT, participaram juntos de eventos, na semana que passou.

Gustavo, pré-candidato a deputado federal, estuda convite para candidatura ao Senado. Ainda não decidiu.

 

 

ODAIR FOGUETEIRO INAUGUROU SEU ESCRITÓRIO POLÍTICO

Foi no sábado pela manhã. Escritório do vereador Odair Fogueteiro, do PHS, na avenida Sophia Rasgulaeff, 36, no Jardim Alvorada.

A inauguração teve a presença do deputado federal Ricardo Barros (Progressistas) e do prefeito de Maringá, Ulisses Maia (PDT). O prefeito fez questão de ler o nome dos secretários e diretores que estavam presentes. Uma lista grande.

O presidente da Câmara, Mario Hossokawa (Progressistas), compareceu. Estiveram presentes os vereadores Sidnei Telles (PSD), primeiro secretário da Câmara; vereador Alex Chaves (PHS).

O ex-prefeito, Roberto Pupin, compareceu.

 

 

MATERIAIS ELÉTRICOS

Além da falta de álcool, em algumas unidades saúde, que já ocorre há algumas semanas, estaria havendo falta de lâmpadas e de outros materiais e componentes elétricos. 

COLÉGIO MILITAR DE MARINGÁ A diretora do Colégio Estadual João XXIII, professora Marceli Maria Santos Delgado, realizou esta semana uma reunião de consulta à comunidade escolar sobre a transformação da escola no Colégio Militar de Maringá. A maioria dos pais aprovou a mudança. Na foto, feita na visita de inspeção da escola, estão o major Marcio, Vanessa (Núcleo Regional de Educação), major Leticia, professora Maria Inês (chefe do Núcleo de Educação), professora Marceli Delgado e coronel Monteiro, comandante da Academia Militar do Guatupê e diretor de Ensino e Pesquisa da Polícia Militar.

Uma das mães presentes disse à diretora da escola: "Se necessário for, espera a noite para votar 'sim', porque quero o melhor para o meu filho.

Estão em estudos adiantados de implantação quatro novos colégios militares, em Maringá, Cascavel, Pato Branco e Cornélio Procópio.

Os estudos estão sendo feitos com a participação direta da secretária de Educação, Lucia Cortez, e do comandante da Academia Militar do Guatupê, coronel Mauro Celso Monteiro.

Está nas mãos do secretário de Fazenda, José Luiz Bovo, e da sua equipe, a análise para instalação dos novos colégios.

 

 

MILHO AOS POMBOS DÁ MULTA

O vereador Gilberto Natgalini (PV) fez projeto que prevê multa de R$ 200 para pessoas que derem milho (ou comida) aos pombos. A lei foi publicada no dia 7 de junho, em São Paulo.

A ideia é contribuir, de alguma forma, para reduzir a super população de pombos, que causam transtornos.

 

Noticias Relacionadas