Família procura R$ 52 mil que perdeu durante viagem na BR-277
Praça de pedágio na BR-277 em Guarapuava. Foto: Arquivo/Jorge Woll/Agência Estadual de Notícias

Paraná

Família procura R$ 52 mil que perdeu durante viagem na BR-277

Paraná por Monique Manganaro/GMC Online em 04/05/2020 - 11:22

A família de Claudineia Sandri Secchi, moradora de Cascavel, está mobilizando amigos, familiares e a imprensa da região para tentar encontrar um pacote com R$ 52 mil que foi perdido durante uma viagem na semana passada, pela BR-277. O valor, fruto do trabalho da família, estava guardado dentro uma mochila, que se abriu no caminho e o malote foi perdido.

Após receber parte do dinheiro da venda de uma casa em Florianópolis, o marido de Claudineia, André Luis Moreira, decidiu viajar em uma motocicleta entre a cidade catarinense e Cascavel. Segundo Claudineia, o dinheiro foi guardado em uma sacola e colocado junto a peças de roupas em uma mochila.

No entanto, durante o percurso, a bolsa se abriu e vários objetos caíram na estrada. Entre eles, o pacote com os R$ 52 mil. Moreira, porém, só percebeu que havia perdido o malote em Guarapuava, quando pegou a mochila para pagar o pedágio.

Ao notar que havia perdido o dinheiro, ele decidiu refazer parte do percurso para procurar o valor, mas não encontrou.

A notícia se espalhou pela região e uma moradora de Irati entrou em contato com a família. De acordo com Claudineia, a mulher, que também viajava pela BR-277 no mesmo dia em que o dinheiro foi perdido, disse ter visto a mochila se abrindo na rodovia e, inclusive, parou para pegar as peças de roupa que se espalharam. Ela tentou avisar Moreira que a mochila estava aberta, mas não teve sucesso. Segundo o relato, ela também não encontrou nenhum pacote com dinheiro.

Claudineia explica que a mulher se propôs a voltar ao local para procurar o malote, mas, mais uma vez, não encontrou o dinheiro.

Segundo a família, a partir do relato dessa testemunha, chegou-se à conclusão de que o dinheiro tenha sido perdido em Palmeira. Claudineia e o marido voltaram ao local dias depois, mas não encontraram o malote.

Agora, a família pede ajuda a quem encontrou o dinheiro para que devolva o montante. De acordo com Claudineia, o dinheiro seria utilizado como entrada na compra de uma casa em Cascavel, cidade onde a família decidiu recomeçar a vida.

Qualquer informação que possa ajudar na procura pelo malote pode ser repassada à família pelo telefone (45) 3326-8768.


Ao sair de casa, USE máscara. Clique aqui e saiba por que ela é importante