“Eu esperava que o time jogasse melhor do que jogou”
Divulgação/MFC

MFC

“Eu esperava que o time jogasse melhor do que jogou”

Por Victor Simião em 21/05/2019 - 17:03

A afirmação é de Sandro Forner, ex-treinador do Maringá Futebol Clube. Ele foi desligado da equipe no fim de semana passado após uma derrota.

Player Ouça a reportagem

O saldo não é positivo. Em seis jogos à frente do Maringá Futebol Clube, foram três derrotas, dois empates e uma vitória. O treinador Sandro Forner chegou ao time em março, quando a equipe estava prestes a cair para a série B do Estadual. E caiu.

Na Série D do Campeonato Brasileiro, ele sabia: haveria pressão por vitórias – o torcedor esperava resultados positivos para diminuir o desanimo com a equipe.   Mas em três jogos no torneio: dois empates e uma derrota.

A última delas no sábado passado: 2 x 0 em casa, contra a Ferroviária (SP). O placar deixou o time na terceira colocação do grupo A17, com dois pontos, quatro a menos que o segundo colocado, que é a própria Ferroviária. No torneio, avançam para a segunda fase os 17 líderes dos grupos e os 15 melhores segundos colocados.

Ou seja, o clube precisaria estar em condições muito diferentes para conseguir algo.

E aí, o treinador foi desligado – segundo ele e a diretoria, em comum acordo.

Sandro Forner sabia das condições do Maringá quando chegou ao clube.

Agora, fora do time, avalia que a performance não atingiu o nível esperado. Ele afirma ter esperado que o time jogasse mais do que jogou.

Quando questionado pela CBN se a performance não aconteceu ou por falha dele ou do clube, a resposta foi...

O uruguaio Jorge Martínez, que foi auxiliar de Forner no MFC, é o novo treinador da equipe. No fim de semana, o clube joga novamente contra a Ferroviária. Dessa vez, em Araraquara (SP). Uma vitória garante ao menos uma respiração para o time.

Apesar de ter sido desligado, Sandro Forner deseja sucesso ao clube.

Notícias da mesma editoria