Enfermeira maringaense vítima de incêndio criminoso morre no hospital
Foto: Reprodução/Redes sociais

Em Londrina

Enfermeira maringaense vítima de incêndio criminoso morre no hospital

Segurança por Monique Manganaro/GMC Online em 22/02/2021 - 12:56

Morreu na tarde desse domingo (21), a maringaense de 41 anos vítima de um incêndio em uma casa do Conjunto Odwaldo Bueno Neto, em Maringá, no mês passado. A mulher teve parte do corpo queimada após a casa onde ela estava ser incendiada. O crime aconteceu em 16 de janeiro. 

Segundo informações da Polícia Militar (PM), a equipe foi acionada por uma das filhas de Daniela de Fátima Navalon. Na data, a adolescente relatou que um homem a trancou juntamente com a mãe e dois irmãos na casa onde estavam e ameaçou atear fogo no local. Ainda conforme a PM, o homem era companheiro de Daniela. 

A menina conseguiu quebrar o vidro de uma janela e fugir com os irmãos, mas a mãe permaneceu dentro da residência em chamas até a chegada dos policiais. 

Ela foi socorrida por militares e encaminhada a um hospital de Maringá. Dias depois, a vítima precisou ser transferida para a ala de queimados do Hospital Universitário de Londrina, onde ficou internada até este domingo. 

De acordo com o HU, a maringaense sofreu queimaduras em membros superiores e inferiores e na face. O estado de saúde dela se agravou nos últimos dias e ela não resistiu. 

Ainda segundo a Polícia Militar, na data do crime, o suspeito aparentava estar alterado. Ele também precisou de atendimento hospitalar antes de ser ouvido pela Polícia Civil. 

A reportagem tenta contato com a Polícia Civil.

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550