Em Maringá não existe risco de surto
Letícia Tristão/CBN Maringá

Febre amarela

Em Maringá não existe risco de surto

Por Luciana Peña em 01/02/2018 - 15:51

O vírus não circula na cidade e a vacinação aqui é constante. Faz parte inclusive do calendário de vacina das crianças. E quem é vacinado não pega a doença. Mas se você não sabe se recebeu a vacina e vai viajar para uma área de risco, nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro, deve se vacinar com dez dias de antecedência. Mas gestantes, doentes crônicos, idosos e pessoas com imunidade baixa só podem se imunizar com indicação médica. Quem explica é o infectologista Luiz Jorge Moreira Neto.

Player Ouça a entrevista