Depen retoma guarda de 988 presos de cinco carceragens
Divulgação/Depen

Região noroeste

Depen retoma guarda de 988 presos de cinco carceragens

Por Carina Bernardino em 07/11/2018 - 16:50

Com isto, policiais civis serão liberados para os trabalhos rotineiros das delegacias. No estado, serão assumidas 37 carceragens, com 6.100 detentos. 

Player Ouça a reportagem

Há quase 40 anos a guarda de presos provisórios em delegacias é feita com a ajuda da Polícia Civil, o que não deveria ocorrer. Nesta quarta-feira (7) um decreto assinado pela governadora Cida Borghetti transferiu a gestão de 37 carceragens administradas pelas delegacias para as cadeias públicas do Departamento Penitenciário do Estado.

Isto significa a transferência da guarda de pelo menos 6.100 detentos ao Depen, o que deve deixar cerca de 1.100 policiais civis liberados para os trabalhos da Polícia Civil. 

Cinco das 37 carceragens que serão assumidas pelo Depen estão na região Noroeste nas cidades de Maringá, Sarandi, Paranavaí, Umuarama e Cianorte. Ao todo, 988 presos passarão para os cuidados do Estado, já que hoje a gestão é compartilhada com a Polícia Civil. Desse total, 100 presos estão na 9ª Subdivisão Policial de Maringá. O delegado chefe da unidade, Pedro Fontana, comemora o decreto, que, segundo ele, é uma demanda antiga.

Na 9ª SDP de Maringá, quatro policiais civis que trabalhavam exclusivamente na carceragem poderão voltar aos trabalhos normais da Polícia Civil.