Decisão da Capes suspende cerca de 30 bolsas na UEM
Imagem Ilustrativa/UEM

Auxílio à pesquisa

Decisão da Capes suspende cerca de 30 bolsas na UEM

Por Victor Simião em 09/05/2019 - 16:01

Programas de mestrado, doutorado e pós-doutorado são atingidos. Quem já recebe o auxílio não foi afetado.

Player Ouça a reportagem

A decisão da Capes, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, de suspender novas bolsas para a pós-graduação atingiu também UEM. Na Universidade Estadual de Maringá, cerca de 30 bolsas foram suspensas dos programas de mestrado, doutorado e pós-doutorado.

A bolsa é uma quantia ofertada pelos programas a pesquisadores. A quantia varia de R$ 1500 a R$ 4.100.

Pesquisadores que já recebem bolsa não foram afetados. O problema envolve quem havia sido selecionado e estava prestes a receber o auxílio, explica o pró-reitor de pós-graduação da UEM, Cloves Jobim.

O corte não afeta só a questão dos valores. É que existe a possibilidade de fazer a pesquisa sem bolsa. O outro grande problema é o repasse de verbas para a manutenção dos programas dentro das universidades, diz Jobim.

O pró-reitor prefere manter a esperança e esperar que a decisão seja revista. Ele lembra que em dezembro de 2016 uma situação semelhante aconteceu, mas, aos poucos, o problema foi resolvido.

A Capes justificou o corte dizendo que em todos os meses avalia as quantidades de bolsas ociosas nas universidades. O total de bolsas, as áreas de pesquisa e o valor congelado em todo o Brasil não foram divulgados.

Notícias da mesma editoria