Covid-19: Diante do aumento de casos, Prefeitura de Maringá se pronuncia e diz ter tomado providências
Foto: Divulgação/PMM

Alerta

Covid-19: Diante do aumento de casos, Prefeitura de Maringá se pronuncia e diz ter tomado providências

Saúde por Monique Manganaro/GMC Online em 18/11/2020 - 10:17

O aumento repentino no número de novos casos de Covid-19 em Maringá acendeu, mais uma vez, o alerta. Depois de registrar mais de 300 casos em 24 horas, a Prefeitura Municipal se pronunciou. O prefeito Ulisses Maia também emitiu nota.

De acordo com a prefeitura, a gestão tomou as providências necessárias para atender a população nesse momento de maior procura. A Secretária de Saúde pontuou que o aumento atual se deve, principalmente, ao relaxamento nas medidas de prevenção ao coronarívus, como o uso de máscara, de álcool em gel, a lavagem recorrente das mãos e o distanciamento social. 

O aumento de casos tem ocorrido, principalmente, entre jovens. “Notamos mais casos nesta faixa etária justamente porque muitos jovens estão participando de festas e sem o uso de máscara”, afirmou a secretária interina de Saúde, Maria da Penha Marques Sapata. 

Segundo a prefeitura, apesar do avanço de casos, a taxa de ocupação hospitalar entre os leitos de UTI disponíveis na cidade ainda varia em torno de 50%. No entanto, conforme reiterou a Secretaria de Saúde, o índice não abre margem para que a população deixe de tomar cuidado com a transmissão do vírus. 

“O prefeito [Ulisses Maia] conseguiu, com o Governo do Estado, a renovação do acordo para o retorno de 10 leitos de enfermaria na Santa Casa e outros dez no Hospital Universitário. Estes leitos haviam sido desativados em 1º de setembro devido à queda na média de casos que levou à ociosidade na ocupação dos mesmos na época”, acrescentou a prefeitura. 

A administração também aumentou a quantidade de testes disponíveis para a população. Atualmente, conforme a Saúde, o município realiza, em média, 200 testes de Covid-19 todos os dias. Anteriormente, eram aproximadamente 100.

Entre outras medidas tomadas pela Secretaria de Saúde, o município pretende adaptar um container e instalá-lo na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Norte, local exclusivo para atendimento a pacientes com suspeita de Covid-19. “O objetivo é melhorar o fluxo de pessoas com sintomas da doença nas dependências daquela unidade de saúde. O espaço receberá equipamentos e por isso a instalação deverá ser concluída em alguns dias”, detalhou a administração. 

Pronunciamento

Na noite dessa terça-feira (17), o prefeito Ulisses Maia se pronunciou nas redes sociais e disse estar acompanhando o aumento de casos da doença em Maringá. 

“O aumento no número de infectados se repete em várias cidades do Paraná, do país e do mundo como reflexo da maior circulação de pessoas. Isso se deve, em parte, ao feriado prolongado de Finados e também à redução nos cuidados de prevenção. A Secretaria de Saúde segue monitorando os dados 24 horas e não há risco de saturar o sistema de atendimento, que atua com boa margem de segurança com taxa de ocupação de leito controlada. Aumentamos o número de médicos e de exames coletados. Estamos tomando providências necessárias. Trabalhando para cuidar das vidas e também evitar maior impacto na economia, com medidas para geração de emprego e renda. Continua indispensável o apoio individual de todos para proteção contra o vírus, como uso de máscara e higienização frequente das mãos, além do distanciamento social. Conto com vocês para passarmos esse momento de forma mais leve possível.  Cuidem-se!”, recomendou o prefeito. 

De acordo com a administração municipal, Maia também tem dialogado com representantes da sociedade civil organizada para que haja união de todos os setores a fim de controlar o avanço da doença. 

Acesse GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550