Câmara de Graduação aprova implementação de cotas raciais na UEM
Foto: Paulo Vitor

Primeiro passo

Câmara de Graduação aprova implementação de cotas raciais na UEM

Por Victor Simião em 06/11/2019 - 18:31

Câmara de Graduação aprova implementação de cotas raciais na UEM. Proposta recebeu parecer favorável em um dos conselhos superiores, a Câmara de Graduação e Ensino, nesta quarta-feira (06). Após muita discussão, ficou definido, nesse primeiro momento, a implementação de 20% de cotas raciais na Universidade Estadual de Maringá: sendo 15% desse total envolvendo também critérios sociais. A proposta, agora, deve ser discuta no Conselho de Ensino e Pesquisa, ainda sem data para ocorrer. Só depois é que haverá a definição quanto a essa ação afirmativa. A proposição da implementação das cotas foi feita pelo movimento negro em Maringá. Entre eles, o grupo Yalodê-Badá. O estudante Bruno Barra, que participa desse coletivo, esteve discussão nesta quarta e disse que é um momento histórico.

Player Ouça Bruno Barra

A discussão em relação ao sistema de cotas vem ocorrendo desde o ano passado. Atualmente, a UEM é a única universidade pública do Paraná que não tem essa ação afirmativa.

Notícias da mesma editoria