Buscando se recuperar, Maringá Vôlei enfrenta o Ponta Grossa
Foto: Reprodução/Facebook

Superliga

Buscando se recuperar, Maringá Vôlei enfrenta o Ponta Grossa

Esporte por Victor Simião em 20/02/2020 - 09:40

O jogo é nesta quinta-feira (20), em Ponta Grossa.  O adversário do time maringaense é o lanterna da Superliga Masculina, mas nem por isso será um jogo fácil, diz treinador do Maringá. 

Na nona colocação da Superliga Masculina de Vôlei, o Denk Maringá tem vivido um dos momentos mais críticos de sua história. O patrocinador não paga o que deve desde novembro do ano passado, oito atletas já deixaram o plantel, e o presidente do clube, o novamente levantador Ricardinho, disse que se outra cidade quiser ele muda a equipe de município.

É em meio a toda essa tormenta que o Maringá enfrenta o Ponta Grossa. O jogo é nesta quinta-feira (20) em Ponta Grossa, às 19h. A partida é válida pela sétima rodada do returno. O Ponta é o lanterna da Superliga, está na décima-segunda colocação com seis pontos. Em 17 jogos, são 15 derrotas e duas vitórias. 

O Maringá é o nono, com 17 pontos. Em 17 partidas, venceu cinco e perdeu 12.  O time não vence há cinco jogos. O Ponta, há um. 

No retrospecto recente, o Maringá só tem vencido o adversário. Apesar disso, o técnico maringaense, Alessandro Fadul, diz não haver favoritos.

Na nona colocação, o Maringá, hoje, não se classificaria para o mata-mata. Para isso, tem de estar entre os oito primeiros. Fadul diz não haver pressão, mas que vencer seria importante para ficar longe da zona de rebaixamento.