“Aprovação das cotas raciais foi tardia, mas necessária”
Foto: Divulgação/UEM

Luta antirracista

“Aprovação das cotas raciais foi tardia, mas necessária”

Educação por Victor Simião em 20/11/2020 - 16:30

É o que diz a pesquisadora e professora da Universidade Estadual de Maringá Marivania Araújo. Professora do departamento de Ciências Sociais e coordenadora do Núcleo de Estudos Afro-brasileiros (NEIAB). O sistema de cotas raciais foi aprovado exatamente um ano atrás, em 20 de novembro de 2019, dia da consciência negra. Foi um passo importante, mas é necessário que as pessoas negras se inscrevam no vestibular, afirma ela. A socióloga diz estar vendo aumento no debate sobre o racismo. Ela lembra que as questões raciais devem ser faladas pelas pessoas não negras também.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550