Após 88 anos, horário de verão chega ao fim no Brasil
Imagem ilustrativa/AEN

Fim

Após 88 anos, horário de verão chega ao fim no Brasil

Por Carina Bernardino em 25/04/2019 - 15:35

O decreto assinado pelo presidente Jair Bolsonaro causa alegria e tristeza para os maringaenses.  

Player Ouça a reportagem

Foi o ex-presidente Getúlio Vargas que instituiu pela primeira vez o horário de verão no Brasil, no período de 3 de outubro de 1931 a 31 de março de 1932. A medida foi adotada nos anos seguintes de forma não consecutiva, entre 1949 e 1953, depois, de 1963 a 1968, voltando em 1985 até agora, data em que o presidente Jair Bolsonaro acabou com ao horário de verão no país. O decreto foi assinado nesta quinta-feira (25) em cerimônia no Palácio do Planalto. Bolsonaro alegou que o período afeta o relógio biológico da população e que o fim dele vai aumentar a produtividade do trabalhador. O presidente também disse que estudos apontaram a baixa economia de energia no período. Para rede CBN, o Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque explicou que a decisão é por tempo indeterminado, porém, os estudos continuarão a ser feitos. 
 
O horário de verão é adotado em 70 países, como Canadá, Austrália, México, Nova Zelândia, Chile e Paraguai. O período dura em média 120 dias. No Brasil, costumava a ser realizado entre os meses de outubro e fevereiro, quando parte dos estados brasileiros adiantava o relógio em uma hora. Em Maringá, o auxiliar de serviços gerais Anderson Fontolan ficou triste com o fim do horário de verão. 
 
Para o Padre Valdir Irineu, o fim do período é a melhor decisão tomada pelo atual presidente do Brasil. 
 
O motociclista Jeferson de Souza também se sente mais disposto no horário atual. 
 
De acordo com o governo federal, em pesquisa, 70% da população brasileira se mostrou favorável ao fim do horário de verão no país.

Notícias da mesma editoria