Adolescente confessa participação no homicídio em Marialva

Crime

Adolescente confessa participação no homicídio em Marialva

Segurança por Victor Simião em 14/01/2020 - 09:33

Ele tem 17 anos. Um jovem de 18 anos, suspeito de participação, foi preso, mas ficou em silêncio quando questionado se teria matado a vítima. Para Polícia Civil, indícios apontam para o jovem como autor do crime.

Um adolescente de 17 anos confessou a participação no homicídio de Pedro Teixeira Martins, no sábado (11), em Marialva. Ele foi apreendido pela Polícia Civil, assim como um jovem de 18 anos, que foi preso. Foi nessa segunda-feira (13). 

No sábado, Martins, de 27 anos,  foi morto a tiros em uma tabacaria. 

Policiais civis e militares participaram da ação que encontrou os dois suspeitos. 

O jovem de 18 anos já tinha um mandado de prisão aberto em relação a outro caso. Em depoimento, ele disse que estaria sendo ameaçado por Martins, mas ficou em silêncio quando questionado se teria matado a vítima. A Polícia Civil encontrou indícios de participação efetiva dele, como a jaqueta de couro e luvas, diz o delegado responsável pelo caso, Rodolfo Vieira.

O adolescente assumiu o crime. Mas a confissão deve ser analisada com outras provas, afirma o delegado.

As detenções não aconteceram flagrante. Por conta disso, no caso do adolescente, ele assumiu um termo circunstanciado e foi encaminhado a autoridade responsável. Em relação ao jovem de 18 anos, ele foi preso em flagrante, mas por por tráfico de drogas e posse de munição de calibre restrito. No caso do homicídio, o pedido de prisão ainda deve ser feito pela polícia.