Acusado de matar Tábata é suspeito de violentar uma menina 20 dias antes
Imagem Ilustrativa/Foto: AEN

Umuarama

Acusado de matar Tábata é suspeito de violentar uma menina 20 dias antes

Segurança por Luciana Peña em 08/05/2020 - 10:58

A criança, na época com 9 anos, também estava a caminho da escola e reconheceu Eduardo Leonildo quando a imagem dele foi divulgada pela polícia.


 

No trabalho de reunir provas contra Eduardo Leonildo, acusado de matar a menina Tábata Rosa, em 2017, em Umuarama, a assistente de acusação Josiane Monteiro se deparou com mais um caso revoltante.

20 dias antes da morte de Tábata, uma menina de 9 anos foi violentada em Umuarama. Quando a imprensa passou a divulgar imagens do acusado pela morte de Tábata, a menina reconheceu Eduardo Leonildo como o autor do estupro.

Neste caso o acusado teria agido da mesma forma, raptado a criança que estava uniformizada e a caminho da escola. E o rapto foi também no mesmo local, perto de um mercadinho de onde Eduardo escolhia as vítimas, de acordo com a acusação.

A advogada Josiane Monteiro diz que ele é acusado de outros crimes bárbaros. [ouça no áudio acima]

A família desta criança vítima de estupro aguarda ainda uma decisão da Justiça. Hoje com 12 anos, a menina tem sequelas psicológicas da violência.  A CBN tentou falar com a delegada da Mulher de Umuarama para saber se neste caso há também imagens e mais detalhes sobre a investigação, mas a atendente disse que a delegada não iria falar porque o inquérito já foi concluído e entregue ao Fórum. O advogado de Eduardo é nomeado e ainda não conseguimos contato com ele.