Acusado de crimes em pensionato da zona 7 passará por avaliação mental
Cleber França

Pensionato

Acusado de crimes em pensionato da zona 7 passará por avaliação mental

Por Carina Bernardino em 20/03/2019 - 15:38

Pedido será feito pela Polícia Civil, que também apura se o jovem agiu sob efeito de drogas e álcool.

Player Ouça a reportagem

A delegacia de Homicídios de Maringá ouviu nesta semana uma das vítimas do atentado que ocorreu na madrugada de domingo (17) em um pensionato da zona 7. Uma pessoa morreu e outras duas ficaram feridas. O autor das facadas foi Osvaldo dos Santos Pereira Junior, de 26 anos, que também morava no imóvel. Mas a motivação dos crimes ainda é desconhecida pela Polícia Civil. O delegado Diego Freitas apura se o acusado agiu sob efeito de drogas e álcool. 
 
A Polícia Civil também vai solicitar um incidente de insanidade mental porque tem dúvidas sobre a saúde mental do acusado. 
 
O inquérito policial sobre os crimes no pensionato deve ser concluído em dez dias. 
 
O jovem autuado em flagrante por três crimes está preso na cela provisória da 9ª Subdivisão Policial de Maringá. 
 
Segundo a polícia, o acusado ainda não apresentou advogado de defesa. Nessa quinta-feira (21) outras vítimas e testemunhas do atentado no pensionato serão ouvidas.

Notícias Relacionadas

Notícias da mesma editoria