20% dos fios de cooperativa são produzidos com material reciclável
Luciana Peña/CBN Maringá

Sustentabilidade

20% dos fios de cooperativa são produzidos com material reciclável

Por Luciana Peña em 05/06/2019 - 11:46

Metade é feita com garrafas Pet e o restante com tecidos que iriam para o lixo. A indústria de fios da Cocamar está pronta para ampliar a produção, mas depende dos consumidores. Quando o consumidor entra na loja e compra uma camiseta com o selo sustentável está estimulando esta cadeia amiga do meio ambiente. Quando sai às compras o jornalista Randy Fusieger não pensa só em preço. Ele está disposto até a pagar um pouco mais para vestir uma roupa sustentável.

Player Ouça Randy Fusieger

A cadeia de produção começa com as cooperativas de recicláveis que recolhem a garrafa pet. Uma empresa de São Paulo compra este material. É a única no país. O plástico é picado e transformado em poliéster, uma espécie de pluma. A Cocamar compra este poliéster reciclado e dele faz o fio que leva 50% de poliéster e 50% de algodão certificado. O fio é vendido para malharias e as camisetas e outras peças com tecido sustentável são vendidas em redes de lojas famosas como Hering, Rennner e C&A.

Outro tipo de fio sustentável é o fio desfibrado, produzido com 50% de Pet e o restante de sobras de malhas que iriam ser descartadas, explica o gerente executivo do Negócio Fibras Luis Fernando Gomes.

Player Ouça Luis Fernando Gomes

Quando aumentar o apelo pelo consumo de artigos sustentáveis a produção de fios vai crescer também. 

Player Ouça Luis Fernando Gomes

E para se ter uma ideia de como o fio Pet ajuda o meio ambiente, cada camiseta sustentável utiliza na produção 5 garrafas de plástico. É vestir a camisa da sustentabilidade literalmente.

Notícias da mesma editoria