Verdelírio foi o “grande conselheiro político da cidade”, diz historiador
Foto: Arquivo Pessoal

Memória

Verdelírio foi o “grande conselheiro político da cidade”, diz historiador

Cidade por Luciana Peña em 14/10/2021 - 08:17

O jornalista e advogado Verdelírio Barbosa, que morreu nessa quarta-feira (13), deixou sua marca no jornalismo maringaense atuando no jornal impresso, na TV e fortemente também no rádio. Verdi, como era chamado, ainda se destacou no papel de conselheiro de políticos por muitas gestões. “Sempre tinha uma opinião sensata a dar”, diz o historiador Reginaldo Dias.

O jornalista e advogado Verdelírio Barbosa, morreu na noite dessa quarta-feira (13), aos 80 anos. Ele estava hospitalizado em tratamento de uma pneumonia.

Verde, como era chamado pelos amigos, era dono do Jornal do Povo, um jornal impresso diário que resistiu bravamente ao digital.

Durante um período, após o encerramento do Jornal O Diário, o Jornal do Povo foi o único impresso a circular na cidade.

A trajetória do jornalista, no entanto, não se resumiu ao jornalismo impresso. Verdelírio teve programa na TV e atuou fortemente no rádio, com um programa de utilidade pública.

Sempre antenado ao universo público, tinha o dom de se comunicar com políticos de todas as gradações e se tornou durante seguidas gestões um conselheiro, lembra o historiador Reginaldo Dias, amigo próximo de Verdelírio. [ouça o áudio acima]

O velório está sendo realizado na capela do Prever em frente ao Cemitério Municipal até as 17h.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550