Tubulação se rompe e lama invade pelo menos 10 casas em Maringá
Piscina cheia de lama no Jardim Lice – Foto: Fábio Guillen

Prejuízos

Tubulação se rompe e lama invade pelo menos 10 casas em Maringá

Cidade por Fabio Guillen/GMC Online em 07/10/2021 - 15:49

Pelo menos 10 casas foram invadidas por uma enxurrada de lama no Jardim Lice, na madrugada desta quinta-feira (7), em Maringá. Uma tubulação da Sanepar se rompeu na Rua Sebastião de Paula e Silva e a lama, somada com a enxurrada da chuva, invadiram as casas, deixando muitos prejuízos para os moradores. Uma cratera se formou no local onde houve o rompimento da tubulação.

Segundo os moradores, móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, colchões e vários objetos ficaram completamente destruídos. Algumas residências possuem piscinas e todas estão cheias de lama na tarde desta quinta. Ainda de acordo os moradores, nos quintais a enxurrada chegou a 10 centímetros de altura. A marca está nos portões e muros (foto abaixo).

Segundo os moradores, móveis, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, colchões e vários objetos ficaram completamente destruídos. Algumas residências possuem piscinas e todas estão cheias de lama na tarde desta quinta. Ainda de acordo os moradores, nos quintais a enxurrada chegou a 10 centímetros de altura. A marca está nos portões e muros (foto abaixo).

“Perdi duas geladeiras, som, ar condicionado que eu não tinha instalado ainda, guarda roupa, cama, roupas e a piscina está toda cheia de lama. Não sei o que fazer. Aqui não vai dar pra aproveitar nada. Não dá nem pra acreditar que estamos passando por isso. A água chegou na altura do joelho aqui”, disse Nivaldo Petri, um dos moradores que tiveram a casa invadida pela lama. 

A Rua Mieko Imai da Silva está completamente cheia de lama na tarde desta quinta-feira e os moradores estão revoltados com o que aconteceu. Segundo alguns moradores, a região têm sérios problemas de escoamento de água da chuva e o problema já foi levado em 2019 para a Prefeitura de Maringá, mas, até então, ninguém resolveu. 

A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Sanepar e da Prefeitura de Maringá na tarde desta quinta-feira (7), e aguarda o retorno.

(atualização às 19h19): Segundo a Prefeitura de Maringá, está em fase de conclusão um projeto básico para a contratação de uma empresa que possa solucionar o "problema do alagamento que há anos ocorre na região" da Avenida Morangueira, o que inclui o Jardim Licce.

A Sanepar informou que "o problema que aconteceu no Jardim Licce foi ocasionado por uma enchente e não pelo rompimento da tubulação". Segundo Sanepar, "a tubulação foi rompida por conta da enchente, causada pela chuva. A tubulação que existe no local não tem capacidade para inundar a rua e nem alagar 10 casas".

Acesse GMC Online

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550

Nível que a enxurrada de lama chegou está nos muros e portões das casas – Foto: Fábio Guillen
Nível que a enxurrada de lama chegou está nos muros e portões das casas – Foto: Fábio Guillen
Casa cheia de lama – Foto: Fábio Guillen
Casa cheia de lama – Foto: Fábio Guillen
Tubulação da Sanepar se rompeu na Rua Sebastião de Paula e Silva, no Jardim Lice, e uma cratera se formou no local – Foto: Fábio Guillen
Tubulação da Sanepar se rompeu na Rua Sebastião de Paula e Silva, no Jardim Lice, e uma cratera se formou no local – Foto: Fábio Guillen
As casas do Jardim Lice foram invadidas pela lama – Foto: Fábio Guillen
As casas do Jardim Lice foram invadidas pela lama – Foto: Fábio Guillen