Supermercado é multado em R$ 240 mil logo depois de ganhar liminar para abrir
Imagem Ilustrativa | Foto: Tânia Rêgo/Arquivo/Agência Brasil

Maringá

Supermercado é multado em R$ 240 mil logo depois de ganhar liminar para abrir

Cidade por Luciana Peña em 12/04/2021 - 09:17

O supermercado da rede Angeloni foi autuado no sábado (10) por expor produtos sem preço, sem validade e com embalagem violada, segundo nota divulgada pela Prefeitura de Maringá.

No mesmo dia, a empresa divulgou um comunicado aos clientes informando que estaria aberta no domingo (11), das 7h às 20h, com autorização da Justiça.

A rede conseguiu uma liminar autorizando a abertura da loja, ou seja, contrariando o decreto municipal 741/2021 que permite o funcionamento de supermercados de segunda a sábado até 20h.

A liminar foi expedida na sexta-feira (9). A fiscalização do Procon no sábado encontrou, segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Maringá “produtos expostos à venda com embalagem danificada, produto sem data de validade e vários produtos sem indicação de preços nas gôndolas”.

No domingo (11), foi lavrada a multa no valor de R$ 241.111,11. O supermercado será notificado nesta segunda-feira (12).

Ainda no domingo, a CBN perguntou à assessoria de comunicação em que outros supermercados foi realizada a vistoria do Procon. A resposta é que os fiscais foram apenas ao Angeloni.

A CBN também perguntou se a fiscalização foi motivada por denúncia, mas não obteve retorno.

A assessoria de imprensa da Rede Angeloni informou que ainda não foi notificada da multa e só vai se pronunciar após isso.

A Associação Paranaense de Supermercados (Apras) diz que está verificando a situação.