SOE de Maringá contém motim na cadeia de Cianorte
Divulgação/SOE

Paraná

SOE de Maringá contém motim na cadeia de Cianorte

Segurança por Portal GMC Online em 19/06/2019 - 08:41

Agentes do Serviço de Operações Especiais (SOE) de Maringá e policiais militares da Rotam precisaram conter um motim iniciado dentro da cadeia de Cianorte (a 87 quilômetros de Maringá), no início da tarde desta terça-feira (18).

Detentos de uma das galerias começaram a reivindicar mudanças nos procedimentos de entrada de alimentos entregues pelos familiares semanalmente. Quando um agente da cadeia se aproximou para conversar, eles tentaram segurá-lo para fazê-lo refém. Sem sucesso, os detentos começaram a quebrar portas e paredes.

De acordo com o SOE, quando os agentes chegaram, foi preciso revistar os detentos, bem como as galerias depredadas. Barras de ferro usadas na depredação da cadeia foram apreendidas.

Os presos envolvidos no motim foram isolados e devem responder processo administrativo disciplinar por causa dos danos causados no local. Cinco detentos, que tomaram a frente na movimentação, foram transferidos para a Penitenciária Estadual de Cruzeiro do Oeste (a 143 quilômetros de Maringá).

“O rigor nos procedimentos de revista na Cadeia Pública de Cianorte, que agora é uma cadeia de gestão plena do Departamento Penitenciário do Paraná, tem gerado o descontentamento nos presos, que tentam introduzir na cadeia aparelhos celulares, drogas e outros materiais ilícitos e não permitidos”, explica o SOE.

Por: Monique Manganaro/Portal GMC Online