Qualificação é o futuro
Imagem ilustrativa/Pixabay/domínio público

Opinião

Qualificação é o futuro

O comentário de Gilson Aguiar por Gilson Aguiar em 10/01/2020 - 11:12

Claro que a qualificação está relacionada diretamente a garantia de nosso futuro. Se queremos manter uma condição fundamental de segurança e construir mais possibilidades, a educação é a condição vital. Não somos capazes de perceber oportunidades se não temos conhecimento para detectá-las.

A vida que muitos brasileiros vivem hoje está sustentada na precariedade do conhecimento. Não há qualquer perspectiva de atuação profissional com um ganho relativamente satisfatório. A produtividade precária abrem poucas ou nenhuma oportunidade profissional e quando isso acontece, rara, é instável.

No ano passado, entre janeiro e maio, foram abertas quase 500 mil vagas de trabalho. Ironicamente apenas 37% delas foram preenchidas. A falta de qualificação foi o principal fator para que as oportunidades não fossem aproveitadas. Vale lembrar que o número de quem procura emprego cresce, tem gente desempregada. 

Sobram pessoas e vagas de trabalho. A conclusão é irônica. Porém é preciso pensar que parte considerável dos brasileiros não se qualificaram. Não buscaram valorizar o seu capital humano, sua capacidade produtiva. 

Temos que considerar que a qualificação pode não estar a disposição de alguns, mas há um grande número de cursos e programas de qualificação no país. Municípios brasileiros associados a empresas ou a programas nacionais defendem a qualificação. Mesmo o Bolsa Família tem como critério a educação dos filhos. 

O  Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado pelo governo federal em 2011, tem como meta levar a qualificação profissional aos alunos do ensino médio. Quem conhece as ações do programa sabe da jornada difícil de arrebanhar pessoas interessadas no cursos de qualificação.

Falta oportunidades? Sim. Contudo, muitas delas sobram e isso demonstra o descomprometimento das pessoas com a sua própria vida e o futuro. O desprezo pela oportunidade de resolver e não deixar acumular problemas. 

Se comprometa com a sua vida. Não podemos transferir a responsabilidade sobre nossa existência. A consciência de que nossos atos serão respondido por nós. Esta é a condição mínima para se iniciar uma mudança. A qualificação profissional é o elemento fundamental para isso. Não perca as oportunidades. A qualificação é uma delas e abre a porta de muitas outras.