Proprietário é autuado em R$ 91 mil por desmatamento em área rural de Peabiru
Foto: Divulgação/Polícia Ambiental

Vegetação nativa

Proprietário é autuado em R$ 91 mil por desmatamento em área rural de Peabiru

Meio Ambiente por Letícia Tristão em 10/08/2021 - 15:02

Segundo a polícia, o responsável plantava eucalipto no lugar de árvores nativas e exóticas para fugir da fiscalização via satélite. A área foi embargada e ele também vai responder por crime ambiental.

Uma denúncia anônima levou a Polícia Ambiental a essa propriedade rural localizada em Peabiru, na região de Campo Mourão. A ação foi nessa segunda-feira (9).

Segundo a polícia, o proprietário tinha uma estratégia para mascarar o desmatamento. Ele suprimia a vegetação nativa plantando eucalipto, assim a ação não seria flagrada pelos satélites.

O local era de área de preservação permanente, e tinha espécies exóticas como peroba e araucária. Foi constatada essa ação em mais de sete hectares de terra. As áreas afetadas foram embargadas.

O responsável foi autuado em mais de R$ 91 mil e vai responder também criminalmente, como explica o comandante da Polícia Ambiental de Campo Mourão, o subtenente Paulo Sérgio Celestino. [ouça o áudio acima]

As denúncias de possíveis casos de desmatamento ou crime ambiental podem ser feitas pelo telefone 181.

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550