Polícia tem suspeitos, mas inquérito é sigiloso
Imagem Ilustrativa/Foto: AEN

Goioerê

Polícia tem suspeitos, mas inquérito é sigiloso

Segurança por Luciana Peña em 11/08/2020 - 09:52

O delegado de Goioerê, que investiga o desaparecimento de Kawany e Rubens, diz que há suspeitos do crime. Várias pessoas estão sendo ouvidas e a polícia já sabe que o casal pode ter sido vítima de vingança. Mas as informações são sigilosas.

Nessa segunda-feira, a reportagem da CBN conversou com a mãe de Kawany, a jovem desaparecida há mais de uma semana em Goioerê. Ela e o marido foram vistos pela última vez no dia 3 deste mês. O filhinho do casal, de apenas quatro meses, foi abandonado na porta de uma residência.

A mãe de Kawany, Leia Grejanin, está oferecendo uma recompensa de cinco mil reais por informações sobre a filha e faz buscas por conta própria.

Ela falou emocionada sobre o drama que está vivendo.[ouça no áudio acima]

Nesta terça, a reportagem conversou com o delegado de Goioerê, Hélio Nunes.

Ele disse que o inquérito está avançado e a polícia tem suspeitos, mas não pode dar mais detalhes.[ouça no áudio acima]

As buscas continuam esta semana.