PF cria núcleo especializado e apreende R$ 500 mil em moeda falsa
Foto: Divulgação

Crime

PF cria núcleo especializado e apreende R$ 500 mil em moeda falsa

Segurança por Luciana Peña em 25/11/2020 - 11:26

A Polícia Federal criou, em Maringá, a Unidade Piloto de Repressão à Moeda Falsa, especializada na investigação de crimes desta natureza. Nessa terça-feira (24), os policiais da unidade apreenderam 500 mil reais em cédulas de dinheiro falsificado na cidade de São Paulo. A ação teve o apoio dos Correios e da Polícia Militar de São Paulo.

Há oito meses a Polícia Federal em Maringá vem monitorando as postagens de moeda falsa em agências dos Correios, com o apoio da empresa.

A delegacia de Polícia Federal criou aqui na cidade a Unidade Piloto de Repressão à Moeda Falsa.

Nessa terça-feira (24) numa operação que teve o apoio da Polícia Militar de São Paulo e dos Correios, os policiais federais apreenderam 500 mil reais em moeda falsa na cidade de São Paulo.

A apreensão foi dentro de uma agência dos Correios no momento em que um cliente, investigado pela PF, postava 50 mil reais falsos em mais de 20 envelopes com destino a cinco regiões do país.

A polícia já sabe que este investigado faz parte da maior organização criminosa do país neste tipo de crime. Sozinha, esta organização criminosa derramou no mercado mais de 10 milhões de reais, de acordo com estimativas apuradas durante a investigação.

Detido em flagrante, o homem levou os policiais até o depósito onde estavam aproximadamente 500 mil reais.

É uma das maiores apreensões de moeda falsa já realizadas pelo Polícia Federal.

O delegado César Luiz Busto de Souza explica que a unidade de repressão à moeda falsa em Maringá é derivada do órgão central da Polícia Federal em Brasília. Assista abaixo: