Pesquisador alerta: não existe comprovação científica sobre eficácia da crotalária
Crotalária - Imagem ilustrativa

No combate à dengue

Pesquisador alerta: não existe comprovação científica sobre eficácia da crotalária

Cidade por Luciana Peña em 10/03/2020 - 12:08

A CBN conversou com um professor de ecologia da UEM sobre o assunto. E além do alerta, o pesquisador reforça: nada substitui o cuidado diário com o ambiente para eliminar água parada. 


Ouça a reportagem completa:

 


 

A crotalária é uma planta que sempre ganha destaque em tempos de epidemia de dengue. Como a epidemia que o Paraná enfrenta neste começo de 2020. E as mensagens sobre a suposta eficiência da planta no combate ao mosquito Aedes aegypti circulam freneticamente nas redes sociais. 

No Facebook é possível encontrar até quem doe mudas da planta e incentive o cultivo. Os defensores da  crotalária defendem que a planta atrai a libélula que é predadora do mosquito transmissor da dengue. 

Diante de tanta informação e dúvidas sobre o tema, a CBN consultou um pesquisador da Universidade Estadual de Maringá.

O professor de ecologia Roger Paulo Mormul explica que não existe nenhuma comprovação científica sobre esse suposto benefício. E o pior: a crotalária é uma espécie invasora, que pode dominar o ambiente onde for cultivada.

Existe um estudo, no entanto, sobre o benefício do extrato da crotalária. 

De qualquer forma, nenhuma ação paliativa substitui a atitude que realmente combate a dengue.

 

E a coordenadora da Vigilância Ambiental da Sesa, Secretaria Estadual de Saúde, Ivana Belmonte, acrescentou que a crotalária não tem nenhuma eficiência na área urbana.