Pela primeira vez na história, Maringá terá um representante na elite da Superliga Feminina de Vôlei
Foto: Divulgação/CBV

Decisão

Pela primeira vez na história, Maringá terá um representante na elite da Superliga Feminina de Vôlei

Esporte por Victor Ramalho/GMC Online em 30/03/2021 - 08:50

O Amavôlei Maringá foi declarado oficialmente campeão da Superliga B Feminina de Vôlei 2021. A decisão foi comunicada oficialmente pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) nessa segunda-feira (29), após uma reunião entre o conselho técnico da entidade e representantes das oito equipes participantes que, por unanimidade, decidiram pelo encerramento da competição diante do agravamento da pandemia da Covid-19.

Com isso, o time maringaense, que liderou a primeira etapa do Grand Prix, realizado em Maringá entre os dias 22 e 26 de fevereiro, garantiu vaga na elite da Superliga Feminina 2021/2022. Será a primeira vez na história que o campeonato terá um representante da Cidade Canção.

Ainda na reunião dessa segunda-feira (29), os clubes sugeriram a suspensão do rebaixamento dos dois últimos colocados para a Superliga C, o que permitiria a disputa do próximo torneio com 10 equipes. Esta decisão, no entanto, ainda será avaliada pela Confederação. Além do Amavôlei Maringá, quem também garantiu vaga na elite da Superliga foi o Renata Country Club Valinhos, de São Paulo, segundo colocado da primeira fase.

Inicialmente, o Grand Prix final da Superliga B estava previsto para ocorrer entre os dias 14 e 18 de abril em Valinhos, no interior paulista. No encontro virtual entre CBV e representantes das equipes, a CEO da Confederação Brasileira de Voleibol, Adriana Behar, destacou que tanto os times quanto a entidade fizeram todo o possível para que a competição tivesse sequência.

“Nós temos muita preocupação com a pandemia, e analisamos todos os riscos. Estamos sempre buscando soluções para prover um ambiente seguro. Nosso desafio é grande. Entendo que esgotamos todas as possibilidades para tentarmos viabilizar a competição e, em comum acordo, chegamos à conclusão de que a melhor alternativa é o encerramento”, afirmou.

Na sequência de Amavôlei Maringá e Renata Country Club, completam a classificação da Superliga B Feminina 2021 o Bluvôlei/Furb em 3º, Sesc-RJ em 4º, Minas Náutico em 5º e Feac/Franca na 6ª colocação. Bradesco Esportes, em 7º e Itajaí Vôlei, em 8º, terminam a lista.

O time maringaense, em 4 jogos, obteve 3 vitórias, derrotando o próprio Renata Country na decisão no dia 26 de fevereiro, no Ginásio Chico Neto, por 3 sets a 2.

Acesse o GMC Online

 

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550