Paralisação nas escolas da rede estadual entra no terceiro dia
Imagem Ilustrativa/Foto: sintern.org.br/reprodução

Greve

Paralisação nas escolas da rede estadual entra no terceiro dia

Educação por Luciana Peña em 04/12/2019 - 11:05

Segundo sindicato, em 80% dos colégios de Maringá e região há professores mobilizados. A categoria  entrou em greve na segunda-feira (2) por causa da proposta de Previdência do Estado e por causa da decisão da Secretaria de Educação de enxugar os primeiros anos do ensino médio noturno. 

O professor André Tamiozzo, dirigente de comunicação da APP Sindicato em Maringá, diz que a proposta da Previdência deveria ter sido discutida com os servidores. Sobre o ensino médio, o professor diz que muitos alunos precisam estudar à noite para cuidar de irmãos menores. 

O Núcleo de Educação diz que existe uma recomendação do Ministério Público do Trabalho para não estimular o trabalho infantil ao ofertar turmas à noite para alunos de 15 anos.

 

A CBN entrou em contato com o Núcleo de Educação. A informação é de que pela manhã o expediente no Núcleo é apenas interno e que o balanço sobre o funcionamento das escolas só é concluído ao final do dia.

Atualizado às 11h19 - Em nota a Secretaria de Educação do Paraná informou que:

"No período da manhã desta quarta-feira (4), a Secretaria registrou adesão total à paralisação em 35 das 2.143 escolas estaduais (1,6%) do Paraná; e adesão parcial em 263 das 2.143 escolas estaduais (12,2%). Lembrando que adesão parcial considera a ausência de professores e demais servidores administrativos e não significa, portanto, que os alunos ficaram sem atendimento.

A orientação da Secretaria para todas as escolas, desde o início da manifestação, é de que as aulas aconteçam normalmente. Cabe lembrar que apenas 1,6% das escolas em todo o estado paralisaram totalmente suas atividades; nas demais escolas o atendimento aos alunos está garantido.

A orientação da Secretaria para os pais é de que levem seus filhos para a escola, uma vez que a frequência é obrigatória como nos demais dias letivos. Por isso, é fundamental que os pais garantam a presença de seus filhos nas escolas.

No Núcleo Regional de Maringá, no período da manhã, foi registrada adesão total em 1% de 95 escolas que compõem o Núcleo e adesão parcial em 11,7%."