Morte por dengue hemorrágica é investigada em Astorga
foto: Agência Brasil

Aedes Aegypt

Morte por dengue hemorrágica é investigada em Astorga

Saúde por Portal GMC Online em 14/01/2019 - 18:23

Segundo informações do Portal GMC Online, a 15ª Regional de Saúde de Maringá está investigando a morte de uma mulher de 53 anos no município de Astorga. A suspeita é de dengue hemorrágica. Audineia Dias Prado Barone foi internada em um hospital da cidade na madrugada do último sábado (12) com mal-estar. Ao longo do dia, ela foi piorando e morreu à tarde.

Segundo a responsável pela área de técnica de Vigilância Epidemiológica da 15ª Regional de Saúde, Greicy Cezar do Amaral, o teste rápido de dengue deu negativo, mas outros exames foram realizados e devem ficar prontos em até 15 dias. Ela ainda informou que o município foi orientado a fazer um bloqueio na região onde a mulher morava, verificando focos de dengue e se algum morador apresenta algum sintoma parecido e também orientar a comunidade. 

De acordo com o último boletim da dengue divulgado pela Secretaria da Saúde do Paraná (Sesa), a 15ª Regional de Saúde de Maringá tem quatro casos de dengue confirmados de agosto do ano passado até agora, um deles, inclusive, é de Astorga. Os outros casos são de Colorado, Floraí e Santa Fé.

No Paraná, mais um caso de morte por suspeita de dengue está sendo investigado. O episódio ocorreu em Uraí (a 173 quilômetros de Maringá), onde uma adolescente de 14 anos morreu. O teste rápido que é feito no momento da internação deu positivo para dengue. A Secretaria de Saúde do estado informou que até o momento, a sorologia desenvolvida pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) não confirma tratar-se de dengue e novos testes serão realizados.

Por Nailena Faian/Portal GMC Online