Mestre de capoeira é preso acusado de violação sexual mediante fraude
Imagem Ilustrativa | Foto: Arquivo/GMC Online

Maringá

Mestre de capoeira é preso acusado de violação sexual mediante fraude

Segurança por Luciana Peña em 01/12/2021 - 09:51

Segundo a Polícia Civil, o homem de 65 anos se apresentava como guia espiritual e recomendava a relação sexual como forma de cura para problemas pessoais. A Delegacia da Mulher de Maringá identificou sete vítimas, uma delas menor de idade. Em um dos casos o crime teria ocorrido há 15 anos. O investigado nega o crime.

O suspeito está preso preventivamente. É um homem de 65 anos, conhecido mestre de capoeira em Maringá, atividade que realizava há pelo menos 30 anos.

A Polícia Civil já ouviu o depoimento de sete vítimas. Uma delas menor de idade. Duas vítimas são de outras cidades.

E em um dos casos o crime teria ocorrido há 15 anos. E há também um caso em que a vítima conseguiu perceber a artimanha e não manteve relações sexuais com o acusado.

Para o delegado Rodolfo Vieira, da Delegacia da Mulher de Maringá, os depoimentos são consistentes e revelam um padrão.

O mestre de capoeira se apresentava como guia espiritual e escolhia vítimas frágeis, que estavam passando por dificuldades na vida pessoal.

Nesse momento ele oferecia a relação sexual como forma de cura. Por isso, o crime que está sendo investigado é o de violação sexual mediante fraude, como explicou o delegado Rodolfo Vieira em entrevista à Maringá FM. [ouça o áudio acima]

Para a polícia, o mestre de capoeira negou o crime.

Quer enviar sugestão, comentário, foto ou vídeo para a CBN Maringá? Faça contato pelo WhatsApp (44) 99877 9550