Maringá tem perto de 100 famílias libanesas
Bandeira do Líbano (Eusebius/Creative Commons - Extraída de "EBC")

Tragédia no Líbano

Maringá tem perto de 100 famílias libanesas

Cidade por Lethícia Conegero/GMC Online em 05/08/2020 - 12:05

Segundo as lideranças da comunidade libanesa em Maringá, nenhuma família daqui tem parentes em Beirute, a capital do Líbano, que teve a região portuária destruída por uma grande explosão. Imigrantes que vivem aqui lamentam a tragédia.

O saldo de vítimas da explosão em Beirute, capital do Líbano, é assustador. O número de mortos passa de cem e os feridos são mais de 4 mil.

Por todo o mundo libaneses acompanham aflitos as notícias que chegam.

Maringá tem uma colônia pequena de libaneses, são aproximadamente 100 famílias diz o empresário Ali Wardani, uma das lideranças da comunidade libanesa na cidade.

O empresário chegou ao Brasil com dez anos de idade. No Líbano ficou quase todo o restante da família.

De tempos em tempos, ele visita a terra natal. Uma viagem estava programada para este ano, mas foi adiada por causa da pandemia.

Nessa terça-feira, aflito, Ali Wardani ligou para o Líbano para ter notícias da família.[ouça no áudio acima]

Segundo o empresário, das famílias de libaneses de Maringá nenhum parente do Líbano foi ferido na tragédia. [ouça no áudio acima]

A causa provável da explosão é o nitrato de amônia que estava armazenado no porto de Beirute: 2.750 toneladas.

Ouça o podcast - Vamos falar sobre... a tragédia no Líbano